Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Morre Escurinho, ex-jogador do Inter

Ex-atacante sofreu uma parada cardíaca, aos 61 anos. Ele já havia amputado parte das duas pernas

Gazeta |

nullLuis Carlos Machado, o Escurinho, ídolo do Internacional na década de 1970, faleceu nesta terça-feira, aos 61 anos. O ex-atacante, que estava internado desde abril, já havia perdido parte das duas pernas e sofria de insuficiência renal, sofreu uma parada cardíaca no Hospital das Clínicas de Porto Alegre.

Entre para a Torcida Virtual do Inter e convide seus amigos

Grêmio tem a maior torcida do Twitter. Amplie a do Inter

No Inter, onde esteve de 1970 até 1977, ele faturou o bicampeonato brasileiro (1975 e 1976) e o hexa do Campeonato Gaúcho (de 1970 a 1976).

No Beira-Rio, protagonizou uma jogada memorável. Era a semifinal do Brasileirão de 1976. O Inter empatava em 1 a 1 com o Atlético-MG. A partida no Beira-Rio já passava dos 45 minutos do segundo tempo. Foi então que Dario levantou a bola para Escurinho; o atacante serviu de cabeça para Falcão, que devolveu o passe em outra cabeçada; Escurinho meteu a cabeça na bola e lançou Falcão. Sem deixar a bola cair, já dentro da área, ele emendou o chute, deu a vitória do Inter e protagonizou uma das jogadas mais bonitas do estádio do Inter.

Depois, Escurinho passou por Palmeiras, Inter de Limeira, Barcelona de Guayaquil (Equador), Coritiba, Vitória, Bragantino, Caxias, La Serna (China) e Avenida-RS. Ele faturou o título equatoriano pelo Barcelona.

Leia tudo sobre: InternacionalEscurinho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG