"Amaldiçoado", lateral direito não fez sucesso no futebol paulista e retornou para Pernambuco

O lateral direito Moacir não é mais jogador do Corinthians . O Sport confirmou na quarta-feira no seu site oficial que voltará a contar com o atleta, sem espaço no elenco comandado por Tite , a pedido do técnico Hélio dos Anjos .

Moacir treinava no Corinthians até encontrar um clube
Bruno Winckler
Moacir treinava no Corinthians até encontrar um clube

Revelado pelo Central, de Caruaru, Moacir defendeu o Sport até o final de 2009. No Corinthians, o lateral direito não conseguiu aproveitar as oportunidades que teve de entrar em campo. Nas boas chances que teve para se firmar, acabou cometendo erros cruciais que marcaram negativamente sua passagem, principalmente com a torcida. Ao todo, Moacir jogou 27 jogos pelo Corinthians e não marcou nenhum gol.

Siga o Twitter do Corinthians no iG Esporte

Nos recentes protestos das torcidas organizadas, Moacir sempre teve seu nome apontado como um dos culpados pela má fase do time. Visto como "amaldiçoado" por alguns torcedores, ele não foi perdoado por ter cometido um pênalti infantil em Juan, ex-lateral-esquerdo do Flamengo, na primeira partida das oitavas de final da Libertadores de 2010. O time carioca venceu aquele jogo por 1 a 0, justamente com o gol de Adriano convertido após aquela penalidade. O resultado eliminou o Corinthians da competição, mesmo após vitória por 2 a 1 no Pacaembu.

Já no Campeonato Brasileiro, na reta final do torneio, após uma sequência de maus resultados, o Corinthians enfrentou o Guarani em Campinas sob o comando de Fábio Carille. E Moacir teve a melhor chance do jogo, cara a cara com o goleiro rival. Sem tranquilidade, o lateral trançou as pernas e não abriu o placar do jogo que acabou 0 a 0.

Moacir começou a temporada em alta porque o titular Alessandro estava com catapora, mas se lesionou e perdeu espaço até para o volante Moradei, improvisado por Tite. Para o segundo semestre, o Corinthians contratou o jovem Weldinho, do Paulista de Jundiaí, como reserva imediato da lateral direita.

O jogador tem seus direitos econômicos divididos entre os grupos BWA e BMG. Ele está vinculado ao Coimbra-MG, clube utilizado pelo BMG  para o registro de atletas. Seu contrato de empréstimo com o Corinthians era válido até o fim de 2011 e foi rescindido sem pagamento de qualquer multa.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.