Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Miranda muda discurso, fala em renovação e de Libertadores

Após a Copa, zagueiro afirmou que via seu ciclo no São Paulo perto do final, mas agora já considera extensão do vínculo com o clube. Ele também falou sobre as possibilidades de chegar à Libertadores de 2011. Assista

Levi Guimarães, iG São Paulo |

_CSEMBEDTYPE_=inclusion&_PAGENAME_=esporte%2FMiGComponente_C%2FConteudoRelacionadoFoto&_cid_=1237860118349&_c_=MiGComponente_C

Com a temporada chegando ao fim, já começaram as conversas sobre renovação de contrato para 2011 no São Paulo, pelo menos com alguns jogadores. É o caso do zagueiro Miranda, que nesta quinta-feira disse considerar a possibilidade de estender seu vínculo com o São Paulo, que será encerrado em junho do ano que vem.

Em agosto, o zagueiro disse acreditar que seu ciclo no clube do Morumbi estivesse próximo do fim, já que não havia sido procurado por nenhum dirigente para falar sobre a possível renovação. Ele acreditava que a fase de transição do time, apostando mais em jogadores das categorias de base, poderia impedir sua continuidade. Esse discurso, no entanto, mudou.

Eu falei aquela frase porque não tive procura de nenhum diretor sobre renovação. Não havia interesse. Mas hoje já penso diferente. A possibilidade existe da minha permanência, então vamos conversar e ver o que vai acontecer no fim do ano, afirmou o camisa cinco.

Na reta final do Brasileirão 2010, o São Paulo ainda luta para alcançar o quarto lugar e, com isso, manter as chances de conquistar uma vaga na Libertadores do ano que vem caso nenhum time brasileiro vença a Copa Sul-Americana. Para Miranda, porém, a classificação para o torneio continental não deve influenciar na decisão pela permanência.

Meu pensamento é nessa reta final, fazer o melhor para que o São Paulo consiga a classificação para a Libertadores, já que é possível. Mas se o São Paulo não classificar para a Libertadores vamos disputar a Copa do Brasil e tentar vencê-la para que no ano seguinte possamos voltar à Libertadores, disse.

Caso não renove com o São Paulo até o final de dezembro, Miranda fica livre para assinar um pré-contrato com qualquer outra equipe e se transferir em julho. O jogador, no entanto, afirma não ter conversado com nenhum outro time sobre essa possibilidade. Falei só com o São Paulo, só a respeito de renovação e uma vez só.

Miranda crê em vaga na Libertadores. Assista

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG