Até agora, Aldo Rebelo não confirmou presença na audiência pública no Senado, na próxima semana

Jérôme Valcke e Aldo Rebelo durante visita do dirigente ao Brasil em janeiro
Getty Images
Jérôme Valcke e Aldo Rebelo durante visita do dirigente ao Brasil em janeiro
Enquanto o secretário-geral da Fifa, Jérôme Valcke, já confirmou presença em audiência pública na Comissão de Educação, Cultura e Esporte, no próximo dia 11 , o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, ainda não respondeu o convite dos senadores. O iG apurou que ele deverá mandar um representante da pasta e evitar o encontro com o dirigente da Fifa.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores


Rebelo e Valcke trocaram farpas pela imprensa, após o secretário-geral da entidade máxima do futebol dizer que o Brasil precisava de um “chute no traseiro”. O Governo Federal chegou a vetar Valcke como interlocutor da Fifa com o Brasil, mas após pedidos de desculpas teve aceitar o cartola, a pedido de Joseph Blatter, presidente da Fifa.

VEJA TAMBÉM: Fifa confirma a senadores visita de Valcke a Brasília

Nesta segunda-feira, a Comissão de Educação, Cultura e Esporte do Senando informou que a Fifa já confirmou a presença de Valcke na audiência pública do próximo dia 11, quarta-feira. O convite foi feito pela senadora Ana Amélia Lemos (PP-RS) e foi direcionado ao presidente da Fifa, Joseph Blatter. O número 1 da entidade máxima do futebol , que organiza a Copa do Mundo, indicou o seu secretário-geral para falar com os senadores.

Na Comissão será discutida a Lei Geral da Copa. O texto do projeto de lei que dá garantias à Fifa na organização do Mundial de 2014 foi aprovado pelos deputados, mas ainda precisa passar por votação no Senado para entrar em vigor.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.