Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Minha meta é ser titular", diz o campeão mundial Bruno Uvini

Zagueiro retornou da seleção brasileira sub 20 com moral e se disse pronto para brigar por uma vaga na equipe do São Paulo

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

A defesa são-paulina é um dos pontos fracos da equipe neste Brasileirão. Seja pelas atuações abaixo do esperado dos zagueiros ou pela falta de sorte nas lesões seguidas, que fazem com que Adilson Batista improvise no setor. Para melhorar a situação, o clube ganhou um reforço de peso: Bruno Uvini . O jovem foi o capitão da seleção brasileira sub 20 pentacampeã mundial e, no seu retorno ao elenco tricolor, avisa que chega para brigar por posição.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"Minha meta é ser titular, batalha porque o grupo tem excelentes zagueiros. Ser campeão mundial é bom e a gente acaba viciando nisso. Só quem passa por esse momento sabe o quanto é bom. Quero ser campeão pelo São Paulo agora, mas dentro de campo, como titular. Estou pronto para brigar por posição", disse Uvini.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

Site oficial
Bruno Uvini com a medalha de campeão mundial
Atualmente o São Paulo tem cinco zagueiros de ofício. Além de Bruno, formam o setor Rhodolfo, Xandão, Luiz Eduardo e João Filipe. Desses, apenas Rhodolfo tem status de titular absoluto. Xandão é bastante questionado pela torcida, enquanto Luiz Eduardo é o mais jovem deles. Já João Filipe chegou recentemente do Botafogo, mas tem atuado com regularidade.

Apesar de almejar um lugar entre os 11 iniciais, Bruno Uvini terá que se recuperar de uma lesão no tornozelo. O zagueiro chegou da seleção de jovens com um trauma no local, já realizou tratamento no Reffis do clube e ainda fará um exame para avaliar a gravidade. Ele admite que jogou algumas partidas do Mundial no sacrifício.

"Realmente as dores estão fortes. Joguei as últimas três partidas no sacrifício, mas não quis revelar porque poderia ser algo a ser usado pelos adversários. Mas deu tudo certo. E era final de Mundial. Com superação, raça, a adrenalina lá em cima, você não sente nada", revelou o defensor.

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011Bruno Uvini

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG