Tamanho do texto

Volante chegou em 2008 sob desconfiança, mas conquistou seu espaço e é peça fundamental no time

A partida contra o São Paulo será especial para o volante Marquinhos Paraná , do Cruzeiro . O jogador é um dos que está há mais tempo no time mineiro e completará 200 jogos com a camisa da equipe celeste. O jogador chegou a Minas Gerais como um desconhecido, mas não demorou a buscar seu espaço.

Siga o iG Cruzeiro no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

Marquinhos Paraná se confundiu com a marca importante que alcançará. “Já é contra o São Paulo? Não estava sabendo. Achei que seria contra o Bahia, mas se é nesse jogo contra o São Paulo, espero poder jogar bem, ajudar os companheiros e sair de lá com uma boa vitória”, disse Paraná.

Entre para a Torcida Virtual do Cruzeiro e convide seus amigos

Marquinhos Paraná está na quarta temporada no Cruzeiro e chega aos 200 jogos contra o São Paulo
Vipcomm
Marquinhos Paraná está na quarta temporada no Cruzeiro e chega aos 200 jogos contra o São Paulo

O jogador lembra-se bem de quando chegou ao time em 2008, a pedidos do ex-treinador Adilson Batista. “Desde que cheguei aqui, tive um começo com desconfiança, um fato desagradável logo em minha chegada, mas soube superar para passar pelas dificuldades com trabalho e como muitos falam, já pareço mineiro, como quieto, calado. Acho que só com o trabalho, mostrando o valor dentro de campo que você consegue conquistar as coisas”, disse o jogador, que quase desmaiou em sua apresentação em 2008.

Nessas quatro temporadas no Cruzeiro, Marquinho Paraná elegeu a campanha do time na Libertadores em 2009 como seu auge. “É tanta coisa. Acho que o melhor momento foi em 2009, mas poderia ser bem melhor com a conqusita da Libertadores. Mas infelizmente não aconteceu (Cruzeiro foi vice-campeão)”, analisou o jogador.

Marcar um gol é fato raro para Paraná, mas se a oportunidade aparecer no Morumbi, seria o ideal para selar as comemorações. “Ia ser maravilhoso marcar. Tomara Deus que possa jogar bem e, se acontecer a oportunidade, eu possa estar no lugar certo e ter a oportunidade de fazer o gol”, completou.

O zagueiro Gil elogiou o companheiro de time. "É bom ter um jogador que está há tanto tempo no Cruzeiro. O Paraná é um cara especial, que nos ajuda muito dentro de campo", disse o defensor cruzeirense.