Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Michael Ballack pede desculpas por agressão verbal ao Colônia

Meia do Bayer Leverkusen insultou o time rival depois de vitória contra o Schalke 04 no último domingo

Gazeta |

O meia alemão, Michael Ballack pediu desculpas, por meio do site oficial de seu clube, o Bayer Leverkusen, à torcida do Colônia e ao clube por ter mandado "o time ir a m...". O ato ocorreu depois da vitória do seu time por 2 a 1 contra o Schalke 04 no domingo.

O astro alemão correu para as arquibancadas, pegou um megafone e começou a insultar a equipe do Colônia, tradicional rival do Leverkusen, levando sua torcida ao delírio. Sua atitude porém, não foi bem vista no clube insultado. Wolfgang Overath, presidente do Colônia, disse que o que Ballack fez "é algo que não se faz, um erro estúpido."

Depois do ocorrido, o clima esquentou entre as duas torcidas: mensagens violentas foram trocadas na internet e a página do Facebook de Lukas Podolski, meia do Colônia, foi atacada. O clássico entre as duas equipes acontece daqui a seis semanas, mas já causa preocupação nas autoridades alemãs.

O procurador-chefe da Federação Alemã de Futebol, Anton Nachreiner, disse que foi aberta uma investigação para discutir a atitude do jogador. Em 2009 o goleiro do Werden Bremen, Tim Wiese, foi punido em 8 mil euros, cerca de R$ 19 mil, por semelhante declaração contra o Hamburgo.

Leia tudo sobre: BallackLeverkusenColôniaalemanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG