Domínio mexicano no segundo tempo dá resultado e equipe sai vencedora da exibição em Barcelona

AP
Giovanni dos Santos, do México, e Vilches, do Chile, em amistoso disputado neste domingo na Espanha
México e Chile se enfrentaram neste domingo prometendo um amistoso eletrizante do começo ao fim, mas as equipe pouco empolgaram e o placar foi decidido nos detalhes. Os mexicanos conseguiram uma vitória por 1a 0 com Guardado , que marcou de falta aos 34 do segundo tempo.

Jogando no estádio do Espanyol, em Barcelona, as duas equipes fizeram um primeiro tempo morno, sem grandes chances de gol para nenhuma das duas equipes. O chileno Vidal teve as melhores chances de marcar na primeira etapa de jogo, mas mandou ambas por cima do gol defendido por Ochoa.

Já no segundo tempo, a partida ficou mais movimentada, só que dessa vez, com pleno domínio mexicano. Comandados pelo meia Giovanni dos Santos, que criava boas jogadas no campo de ataque, o México se tornou mais agressivo, e teve boas chances de tirar o zero do placar.

Entretanto, o gol só apareceu aos 34 minutos do segundo tempo. Guardado aproveitou a barreira mal armada pelo goleiro Pinto e chutou firme, deixando o arqueiro estático enquanto a bola balançava as redes.

No restante do jogo, o atacante do Manchester United , Chicharito Hernadéz , teve boa chance para aumentar a vantagem, mas não conseguiu concluir bem. Em seguida, o Chile quase igualou a partida, mas a finalização de Beasejour não acertou o gol, dando números finais ao jogo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.