Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Messi faz a diferença, Barcelona bate o Valencia e frustra o Real

Partida no Mestalla contra o 3º colocado era chance de líder do Espanhol perder pontos, o que não ocorreu

Gazeta |

Considerado por muitos como uma das poucas chances de o Barcelona perder pontos até o fim do Campeonato Espanhol, a partida entre a equipe catalã e o Valencia foi muito dura, mas não foi páreo para a genialidade e, neste caso, 'estrela' de Lionel Messi, que marcou o único gol do jogo, aos 32 minutos do segundo tempo.

AFP
O brasileiro Adriano saúda o argentino Messi após gol
Com o resultado, o Barça chega a 71 pontos em 26 duelos pela Liga, colocando dez de frente sobre o Real Madrid, que entra em campo nesta quinta, diante do Málaga. Terceiro colocado, o time valenciano estacionou nos 51. Na próxima rodada, os catalães recebem o Zaragoza, enquanto os valencianos viajam para encarar o Mallorca.

O jogo
A partida começou equilibrada, mas o Barça foi quem teve chances de perigo. Primeiro, quase abriu o placar em confusão dentro da área, logo aos nove minutos. Messi recebeu e tentou, por três vezes, passar por Guaita. O goleiro, porém, fechou bem o ângulo e evitou o gol.

Cinco minutos depois, Adriano arriscou de longe e o arqueiro fez outra boa defesa. Após os donos dacasa se equilibrarem no embate, o melhor do mundo voltou a levar perigo. Aos 30, o argentino aproveitou falha da defesa e partiu sozinho contra a zaga, finalizando com um toque por cima. A bola, porém, saiu muito alta. Ainda antes do fim, Villa teve boa chance de marcar, mas também parou no goleiro valenciano.

Na segunda etapa, os anfitriões vieram dispostos a mostrar sua força. Aos seis e aos nove minutos, Soldado esteve muito perto de marcar, mandando uma bola rente à trave e na outra parando em Pinto. Pablo foi outro a parar no arqueiro barcelonista, após receber bom passe de Mata e chutar rasteiro.

Equilibrando as ações, Messi voltou a levar perigo, em chute da entrada da área que saiu à esquerda do gol de Guaita. Com o tempo passando e as duas equipes começando a pensar duas vezes para sair ao ataque, é que ele fez novamente a diferença.

Iniesta achou Adriano na esquerda e o brasileiro acertou bom passe para o meio da área. Livre, Messi só empurrou para as redes e calou o Mestalla, aos 32 da segunda etapa. Sem reação, os donos da casa ainda tiveram o brasileiro Jonas entrando em campo, mas apenas viram os visitantes tocarem bola até o apito final, que coloca a taça do Espanhol muito perto do Camp Nou.

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhabarcelonavalenciamessireal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG