Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo sem título, Wellington comemora bom ano individual

Volante se firmou como titular do São Paulo e espera dar alegria aos torcedores em 2012

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

Vipcomm
Wellington, volante do São Paulo
Apesar de não ter conquistado nenhum título na temporada e ter falhado na luta por uma vaga na Copa Libertadores, o ano de 2011 foi bom para o volante são-paulino Wellington . Ele começou o Brasileirão como titular, ainda sob o comando de Paulo Cesar Carpegiani, e foi intocável no meio-campo tricolor mesmo com a chegada de outros treinadores.

Siga o iG São Paulo no Twitter

Wellington ganhou a confiança de Adilson Batista e Emerson Leão e foi o segundo atleta com mais jogos pelo São Paulo no Campeonato Brasileiro - 34 partidas -, atrás apenas do goleiro e capitão Rogério Ceni. "Eu procuro a cada jogo e treino fazer o meu melhor. Como se fosse a última partida da minha vida. Isso faz com que eu ganhe a confiança do treinador. Procuro manter este foco na minha carreira", disse o jogador ao site oficial do clube.

LEIA TAMBÉM: São Paulo confirma que fez consultas por Nilmar e Montillo

"Não conquistamos títulos, mas individualmente o ano foi muito bom para mim. Voltei bem de uma lesão complicada. Comecei o Brasileiro como titular e não sai mais. Também fiz meu primeiro gol", ressaltou Wellington, lembrando da grave lesão que teve no joelho em 2010 quando treinava com a seleção sub 20 no Rio de Janeiro, ficando mais de seis meses longe dos gramados.

Na temporada, Wellington, como ele mesmo disse, conseguiu marcar pela primeira vez com a camisa do São Paulo. E foi em grande estilo. Na partida em que o time perdeu do Bahia por 4 a 3, o jovem deu um chapéu no zagueiro e sem a bola cair acertou um belo chute. "Até o segundo gol sair este ficará na minha memória. Trabalhei forte no dia a dia e espero que o ano que vem seja de vitória. Espero que o time possa ganhar títulos e eu farei mais gols", falou o camisa 5.

E se a temporada que acabou não teve títulos, Wellington acredita que o ano de 2012 será bem diferente e com muitas alegrias aos são-paulinos. "Quero deixar bem claro ao torcedor que não é só ele que está chateado. Todos nós estamos e acreditamos que podemos conquistar coisas boas no próximo ano. Vamos atrás disso", concluiu.

null

 

Leia tudo sobre: São PauloWellington

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG