Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo se ficar sem título, Gobbi não vê fracasso no ano do centenário

Maior problema de 2010 não foi resultado de falta de planejamento ou de contratações equivocadas, mas da perda do técnico Mano Menezes para a seleção

Gazeta Esportiva |

O diretor de futebol Mário Gobbi já está satisfeito com o desempenho do Corinthians na temporada em que o clube comemora o seu centenário. A possibilidade de não conquistar nenhum título em 2010 (a última esperança é o Campeonato Brasileiro) não interfere no balanço feito pelo dirigente.

"O grupo montado foi bem no ano do centenário. O time soube suportar com maestria a pressão pela Libertadores deste ano, fazendo a melhor campanha da primeira fase, obteve a quinta colocação no Campeonato Paulista e liderou o Brasileiro quase inteirinho", defendeu, citando os "feitos" do Corinthians nesta temporada.

Para Gobbi, os maiores problemas da equipe em 2010 não foram resultados de falta de planejamento ou de contratações equivocadas, e sim da perda do técnico Mano Menezes para a seleção brasileira. "Tivemos duras trocas de treinadores, e o grupo resistiu a isso. O Corinthians tem um elenco humilde e vencedor. Eu me orgulho disso!", bradou.

O diretor de futebol também procurou manter o otimismo em relação ao Campeonato Brasileiro. As chances de o Corinthians levantar o troféu diminuíram porque o Fluminense recuperou a liderança a duas rodadas do final. "Mas já estamos classificados para a Libertadores e seguimos disputando o título. Não duvidem do Corinthians em nada!", confiou Gobbi.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirocorinthiansfutebol

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG