Argentino está atrás de Diego Clementino para alternativa ao lesionado Carlos Alberto

Wesley Santos/Pressdigital
Escudero ainda não deslanchou no Grêmio
A escalação de Carlos Alberto contra o León, quinta-feira, pela Libertadores, depende de um teste no treino desta quarta-feira, em Huánuco, no Peru. Caso o meia não se recupere das dores musculares na coxa direita, o atacante Diego Clementino deve ser escalado por Renato Gaúcho. A escolha deixa mais uma vez Escudero em segundo plano no Grêmio .

Recuperado das dores no joelho, o argentino seria uma alternativa de parceria a Borges. Porém, a falta de ritmo de jogos é a alegação de Renato para optar por outro atleta.

“Não fossem as dores no joelho ele começaria jogando contra o Cruzeiro (sábado, pelo Gauchão). São oportunidades que surgem e ele terá a sua”, disse o treinador.

Desde que foi contratado pelo Grêmio, em janeiro, o jogador argentino não começou nenhum jogo. Teve dificuldade de adaptação e sofreu duas lesões. Aos poucos, vai se soltando com os novos colegas. Quem revela é o zagueiro Rodolfo:

“É um jogador que se nota no semblante que está feliz. Vimos isso na confraternização da conquista do primeiro turno, onde ele esteve com sua família”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.