Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Mesmo poupando os titulares, Cruzeiro passa fácil pelo Ipatinga

Com gols de Thiago Ribeiro e Wallyson, Cruzeiro chega a nove pontos e agora torce contra rival pela ponta

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

O Cruzeiro não teve dificuldades e bateu o Ipatinga por 2 a 0, com gols de Thiago Ribeiro e Wallyson, chegando aos nove pontos no Campeonato Mineiro e se recuperando da derrota para o Atlético-MG. Agora o time de Cuca está na segunda colocação e torce por tropeços dos rivais América-MG e Atlético-MG para terminar a quarta rodada ao menos na segunda colocação na tabela.

Já o Ipatinga está cada vez mais no fundo. São três derrotas em quatro partidas e três derrotas, com apenas um ponto conquistado. A equipe do Vale do Aço segue na lanterna do Estadual, com incríveis dez gols negativos. O Ipatinga parece perto de voltar ao Módulo 2 do Mineiro, onde esteve em 2009.

Na próxima rodada o Cruzeiro vai até Teófilo Otoni, para enfrentar o América local, no sábado. Um dia depois o Ipatinga vai receber o Democrata-GV, no clássico da região, no Ipatingão.

O jogo

nullMesmo com o time praticamente todo reserva o Cruzeiro não encontrava dificuldade para entrar na área da fraca equipe do Ipatinga. O duelo com o lanterna do Campeonato Mineiro tinha jeito de goleada, afinal o Ipatinga tinha sido goleado nas duas partidas que disputou longe do Ipatingão. E logo aos cinco minutos o Cruzeiro criou uma boa chance, mas o goleiro Ranieir defendeu o chute de Marquinhos Paraná.

E foi o goleiro do Ipatinga que seguida evitando o gol cruzeiro. Aos 10 minutos o atacante Wellington Paulista deu ótimo passe para Dudu, que chutou rasteiro e Renieri fez grande defesa. Depois foi a vez de Éverton ajeitar de calcanhar para Leandro Guerreiro, mas o chute parou no camisa 1 do Ipatinga. Aos 25 minutos Ranieri ficou batido depois de Marquinhos Paraná tocar de cabeça para Wellington Paulista, mas a defesa travou o atacante do Cruzeiro.

Mas curiosamente a equipe do técnico Cuca não conseguiu mais chegar ao ataque. O Ipatingão não agredia, isolado na frente, o atacante Alessandro só aparecia na partida quando estava em impedimento. No entanto o Cruzeiro não ameaçava mais o gol de Ranieri. Passes errados eram o principal fator para a queda de produção no time cruzeirense. Assim, o primeiro tempo terminou empatado sem gols.

Depois de ver o seu time pouco criar em 20 minutos, Cuca voltou para o segundo tempo com duas alterações. Entraram Wallyson e Farías, nos lugares de Éverton e Wellington Paulista, respectivamente. As mudanças foram boas e o Cruzeiro começou o segundo tempo em outro ritmo. Com três minutos, o goleiro Ranieri fez duas boas defesas e ainda contou com a furada do zagueiro Edcarlos, que perdeu ótima oportunidade dentro da área do Ipatinga.

Washington Alves/VIPCOMM
Thiago Ribeiro comemora gol que abriu caminho para vitória do Cruzeiro
De tanto pressionar o Cruzeiro conseguiu abrir o placar aos seis minutos, com Thiago Ribeiro. O atacante chutou de fora da área e contou com a única falha do goleiro do Ipatinga, que não desviou a bola com força suficiente para evitar o gol. O primeiro gol animou o Cruzeiro, que aumentou a pressão e fez o segundo com Wallyson, quatro minutos depois.

Perdendo por 2 a 0, o Ipatinga resolveu atacar o Cruzeiro. Mas sem qualidade, o time do Vale do Aço só chegava perto do gol de Fábio nas cobranças de escanteio. Já a equipe celeste usava a velocidade nos contra-ataques. Aos 18 minutos o atacante Farías até fez o terceiro gol, mas estava em impedimento e foi anulado. Três minutos depois ele saiu na cara de Ranieri, mas chutou em cima do goleiro.

Como ocorreu no primeiro tempo, o Cruzeiro tirou o pé do acelerador a passou tocar a bola e esperar pelo final da partida. Nas poucas vezes que tentava algo, o time cruzeirense chegava com perigo. Thiago Ribeiro esteve muito perto de marcar o segundo dele, mas chutou por cima do gol. Sem muito esforço, o Cruzeiro confirmou o favoritismo e bateu o lanterna por 2 a 0.

 

FICHA TÉCNICA - CRUZEIRO 2 x 0 IPATINGA
Local:
Arena do Jacaré, em Sete Lagoas-MG
Data: 19 de fevereiro de 2011, sábado
Horário: 17h (horário de Brasília)
Renda: R$ 25.108,13
Público: 1.664 pagantes
Árbitro: Joel Tolentino da Mata
Assistentes: Marcus Vinícius Gomes e Flamarion Sócrates da Silva
Cartões Amarelos: Edcarlos, Dudu e Naldo (CRU); Leanderson e Leandro Brasília (IPA)
GOLS:
CRUZEIRO: Thiago Ribeiro, aos 6 minutos do segundo tempo; Wallyson aos 10 minutos do segundo tempo

CRUZEIRO: Fábio; Pablo, Naldo, Edcarlos e Diego Renan; Marquinhos Paraná, Leandro Guerreiro, Éverton (Wallyson) e Dudu (Pedro Ken); Thiago Ribeiro e Wellington Paulista (Farías) Técnico: Cuca
IPATINGA: Ranieri; Luizinho (Léo Medeiros), Marcelinho, Max e Marinho Donizete (Chiquinho); Leanderson, Leandro Brasília, Eron, Rodrigo Antônio e Wanderson (Wanderson Duarte); Alessandro Técnico: Wasterdeyle Lima
 

Leia tudo sobre: CruzeiroCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG