Pelo volume de jogo na segunda etapa, treinador entende que sua equipe poderia ter marcado mais gols

Apesar do triunfo por 4 a 2 sobre o Nacional e a manutenção da liderança do Campeonato Mineiro e do aproveitamento de 100% na competição, o Atlético-MG não fez um bom primeiro tempo. O técnico Cuca também não gastou do que viu na primeira parte do jogo, mas destacou a postura da equipe no segundo tempo.

Veja também: Confira a classificação atualizada do Campeonato Mineiro

Na opinião do treinador atleticano o placar não condiz com o que foi a etapa final. No entendimento de Cuca, sua equipe não aproveitou bem as chances criadas na segunda metade do jogo. “Faltou mais conclusão das jogadas, na hora de fazer o gol tinha zagueiro que se atirava e a gente chutava em cima, faltou mais calma na conclusão. O 4 a 2 acho que não diz o que foi o jogo, pela quantidade de oportunidades que tivemos, a meu entender poderia ser um placar mais dilatado pelo segundo tempo que fizemos”.

Leia também: Com nova virada, Atlético-MG iguala início do Mineiro de 1995

Outro ponto ressaltado pelo treinador do Atlético-MG foi o poder de reação da sua equipe. Pela terceira vez em seis rodadas o time alvinegro saiu atrás no marcado e acabou a partida como vencedor. Para Cuca, a postura em campo que tem sido determinante na conquista dos resultados positivos.

“Quando você toma o gol, não pode entrar em parafuso, tem que ter a grandeza de buscar o empate e foi isso que a gente fez. Criamos chances, empatamos, viramos, fizemos 4 a 2 e poderíamos ter feito mais”.

O pensamento agora é na Copa do Brasil, já que o Atlético-MG faz sua estreia na competição nacional nesta quarta-feira, diante do Cene, no Mato Grosso do Sul. Mas antes os jogadores atleticanos vão ter o domingo de folga. O retorno aos treinos está marcado para segunda de manhã, já que à tarde o time viaja para Dourado, local da partida de quarta-feira.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.