Após vitória sobre o Resende, técnico diz que time não tem tempo para descansar nem treinar

AE
Joel Santana teve que mexer no time para virar o placar
O Flamengo não teve vida fácil contra o Resende na tarde deste sábado. Após sair perdendo, o time do técnico Joel Santana precisou de muita raça para superar a defesa do adversário, virar o placar e carimbar a classificação para as semifinais da Taça Guanabara . O treinador elogiou a vontade de seus comandados, mas criticou o pouco tempo que teve para preparar a equipe.

O JOGO: Flamengo vira sobre Resende e vai à semifinal da Taça Guanabara

"Eles (jogadores) souberam resolver a partida. No primeiro tempo, o time afunilou e esbarrou na defesa muito bem montada pelo Paulo Campos (técnico do Resende). Mesmo tendo sofrido um gol, o time mudou a postura, jogou pelos lados do campo, soube envolver o rival e sacramentar a vitória. Mas não é fácil... Viemos de uma maratona intensa, sem tempo para treinar nem descansar. Jogamos no calor, pressionados... Mas ainda bem que deu certo", afirmou Joel.

FOLIA: Após vitória do Flamengo, Ronaldinho pede moderação no Carnaval

O pouco tempo para treinar, inclusive, é a principal reclamação do comandante. Segundo ele, só com mais tempo ele conseguirá deixar o time com a sua cara: "Temos uma base, que ainda não está azeitada. Precisamos ter tempo para treinar. (O que eu passei) Funcionou contra o Resende, como também nos jogos anteriores, mas não pode ser assim sempre. Só que com esse campeonato e essa maratona, fica difícil", afirmou.

Com a classificação, os jogadores do Flamengo folgam neste domingo e se reapresentam na segunda-feira, às 16h30 (horário de Brasília), no Ninho do Urubu. O time volta a campo na quarta-feira, às 22h, para enfrentar o rival Vasco , pela semifinal da Taça Guanabara. A partida será no Engenhão.

Ajude a aumentar a torcida virtual do Flamengo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.