Tamanho do texto

Gerente de futebol do Santos, Nei Pandolfo, fez questão de ressaltar que o atacante ainda tem contrato como o Flamengo

O atacante Diogo já fez exames médicos no Santos, neste final de semana. Mas, apesar disso e de o técnico Adilson Batista ter falado do jogador praticamente como um novo reforço da equipe, no último sábado, após a vitória contra o Linense na estreia do Campeonato Paulista, a diretoria santista segue cautelosa e procura não confirmar o acerto com o avante.

"Tenho a notícia de que o contrato do Diogo com o Flamengo ainda não foi rescindido. Eles nos interessa, só que existem trâmites burocráticos a serem resolvidos. Portanto, enquanto isso não ocorrer, ele segue sendo atleta do Flamengo", analisou o gerente de futebol do clube, Nei Pandolfo.

Além de rescindir o seu vínculo com os rubro-negros - cuja duração é até o meio deste ano -, o atacante deverá ter que viajar a Grécia, para acertar alguns detalhes da transferência junto ao Olympiakos, que detém os seus direitos econômicos.

Depois disso, Diogo finalmente poderá se apresentar oficialmente ao Peixe, que deve contar com o seu futebol por empréstimo de um ano. Por conta disso, a cúpula alvinegra vem procurando negar até mesmo que o atacante tenha feito exames médicos no CT Rei Pelé, no último final de semana.

"Seria anti-ético da nossa parte", disse Pandolfo, antes de reiterar que é preciso paciência antes de anunciar Diogo como novo reforço do time. "Existem várias possibilidades, por isso é difícil antecipar alguma coisa. O mais importante é que o Diogo tem que rescindir com o Flamengo. Estamos aguardando essa rescisão e uma posição do Olympiakos. Vamos aguardar", concluiu.

Diogo em ação pelo Flamengo em 2010. Jogador está perto do Santos
Vipcomm
Diogo em ação pelo Flamengo em 2010. Jogador está perto do Santos