Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Menos mal que nem todos foram", diz Carpegiani sobre sub 20

Treinador do São Paulo admite dificuldade em montar a equipe e já projeta jogo complicado contra o Ceará

Mário André Monteiro, iG São Paulo |

A partir de segunda-feira, Lucas desfalcará o São Paulo por conta da Copa América. No começo de julho, será a vez de Casemiro, Bruno Uvini, Henrique e Willian José se apresentarem à seleção brasileira sub 20 e perder jogos do Brasileirão. Sem contar que Miranda vai embora no fim desse mês, além das constantes lesões no elenco, como nos casos de Rhodolfo, Fernandinho, Carlinhos Paraíba e Ilsinho.

Siga o iG São Paulo e o autor Mário André Monteiro no Twitter

Gazeta Press
Meio-campista Lucas joga no domingo e depois vai para a seleção brasileira
"Nós temos a mesma alegria e satisfação de ver os meninos convocados. Nos sentimos satisfeitos. Acho que prevaleceu o bom senso, gostaria que todos os jogadores fossem convocados. Menos mal que nem todos foram", avaliou o treinador Paulo César Carpegiani , admitindo a dificuldade de montar a equipe com as ausências, principalmente ofensivas.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

"Realmente vamos ter dificuldade. Hoje, por exemplo, o Dagoberto não treinou . Tenho que estar meio que em cima do muro. Talvez tenha tido alguma compensação em levar os dois atacantes (Willian e Henrique) e deixar outros jogadores. E se for pensar dessa forma, nada contra os dois atacantes, mas eu gostaria de jogar mais com o Wellington, que me deu estabilidade no meio, me agrada muito e isso me dá tranquilidade", comentou Carpegiani.

Sobre o duelo de domingo contra o Ceará , o treinador relembrou a derrot de 2010 e acredita que as dificuldades serão as mesmas. "Nós temos a missão de fazer um bom jogo, as dificuldade serão grandes, mas queremos vencer. No ano passado fomos lá e perdemos por 2 a 0, com só um zagueiro que foi o Miranda, com o Fernandinho se machucando e deixando a equipe com um a menos. Sabemos que lá vai ser muito difícil. Hoje o momento é diferente e vamos impor o nosso ritmo", disse.

Com quatro vitórias em quatro partidas, o São Paulo é a única equipe 100% do Campeonato Brasileiro. Apesar do bom começo, Paulo César Carpegiani desconversa sobre o favoritismo do seu time daqui para frente na disputa do torneio.

"Está no início do campeonato. Não estamos nem mais e nem menos do que os possíveis candidatos. Fizemos os resultados importantes, todos querem uma arrancada e nós conseguimos. Mas isso não nos dá o direito de dizer que somos candidatos. Infelizmente agora vamos desmontar um pouco e temos que refazer a equipe. Mas estou tranquilo. Alguns jogadores voltam na próxima semana e isso vai ajudar", admitiu o treinador.

Uma das perdas do treinador será o zagueiro Miranda , que tem seu contrato expirando no fim do mês. O defensor poderá entrar em campo ainda contra Corinthians e Botafogo, caso se recupere totalmente da lesão no tornozelo. Carpegiani evita falar em despedida antecipada do jogador e ainda espera por ele nesses jogos. "O Miranda tem uma história, temos que respeitar. O tempo está se esgotando. Temos que esperá-lo, ver sua recuperação e dar uma posição, ele sempre foi titular. Isso está em pauta para a próxima semana", assegurou.

Tentando evitar outras baixas, Carpegiani disse que ainda espera pela renovação de contrato de Rodrigo Souto , que acaba em agosto. Esse é um ponto crucial. O Rodrigo é um ponto de interrogação, já expressei isso para a direção. Seria fundamental que ele tivesse uma continuidade", concluiu o treinador, que também aguarda pela prorrogação do vínculo de Ilsinho . Assim como Souto, seu contrato expira em agosto.

Leia tudo sobre: São PauloBrasileirão 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG