Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Meninos da Vila desafiam desprezo de Muricy pela base

Crystian e Emerson reconhecem o histórico desfavorável, mas lutam para uma vaga de titular no Santos

Samir Carvalho, iG Santos |

Os jovens laterais do Santos Crystian e Emerson – recém promovidos à equipe profissional, terão que lutar contra o histórico desfavorável do técnico Muricy Ramalho em relação ao aproveitamento dos atletas das categorias de base. A nova geração de Meninos da Vila reconhece que o treinador não costuma dar oportunidades para os jogadores formados nos clubes, mas ignoram o fato em busca de uma posição de titular no time de Muricy.

“O histórico dele na verdade não é muito de usar a base, mas isso quer dizer que a gente não pode se acomodar, temos de treinar mais e mostrar que a base tem o seu valor”, afirmou Crystian.

Veja também: Muricy interrompe férias por reforços e analisa treino dos reservas

O lateral-direito teve duas oportunidades na próxima temporada. Crystian jogou contra Palmeiras e Atlético-MG, mas ficou marcado pelo treinador pela expulsão no duelo contra os mineiros.

“Eu queria ter mais chances, jogando mais jogos. Joguei contra o Palmeiras, fui bem, apesar de estar nervoso e fui mais tranquilo para o segundo jogo, contra o Atlético-MG. Infelizmente fui expulso, o arbitro falhou”, disse o lateral.

Leia mais: Santos e Palmeiras jogarão clássico em Presidente Prudente

Já Emerson, que sonha com as primeiras oportunidades, optou por um discurso mais político ao falar sobre o histórico de Muricy.

E mais: Ainda na Europa, Neymar grava comercial em Barcelona

“Tudo no futebol você tem de encarar como motivação e não obstáculos. Eu quero aprender cada vez mais e o Muricy, talvez conhecendo a história do Santos na base, possa ter aberto a cabeça dele para dar mais chance para a gente”, declarou Emerson.

 


 

Leia tudo sobre: santoscrystianemersonmuricy ramalho

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG