Atacante, que estava machucado, correspondeu em campo à ansiedade do técnico Ricardo Gomes pelo seu retorno

O atacante Eder Luis não jogou pelo Vasco na primeira partida da final, vencida por 1 a 0 em São Januário. Ao ter o retorno anunciado para a grande decisão, viu jogadores e o técnico Ricardo Gomes comemorarem .

"Com o Eder o time afunila menos pelo meio e ganha mais contra-ataques", dizia o treinador. Dito e feito, Eder Luis correspondeu em campo e foi eleito o melhor jogador da final.

"Não é comum ser eleito o melhor em campo com o time perdendo. Estou realmente muito feliz, deu tudo certo", comemorava o jogador, sorrindo de orelha a orelha. O baixinho deu o passe para o gol de Alecsandro, marcou o segundo gol e foi importante ao segurar a bola no setor ofensivo.

Eder Luis, que ganhou destaque no Atlético-MG e não brilhou pelo São Paulo, tem vínculo com o Benfica, de Portugal, e deve voltar ao clube lisboeta em breve. O vice de futebol do Vasco, José Hamilton Mandarino, no entanto, diz que o clube vai batalhar por sua permanência.

"Se o Benfica me quiser de volta, está lascado! Eu quero é ficar no Vasco!", bradou Eder. Campeão.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.