Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Meio-campista Héverton volta atrás e vai enfrentar o Palmeiras

Jogador queria deixar a Portuguesa, mas não houve nenhuma proposta concreta para tirá-lo do clube

Gazeta |

Até a última quarta-feira, Héverton estava insatisfeito e queria deixar a Portuguesa. Multado em 20% de seus vencimentos e afastado do duelo contra a Ponte Preta, pelo Paulistão, ele teve uma reunião com a diretoria do clube rubro-verde na sexta e voltou atrás. Sem propostas, o atleta continuará no Canindé e está relacionado para enfrentar o Palmeiras, neste domingo.

"A minha cabeça está totalmente voltada para esse jogo. Estou motivado e não vai faltar empenho para ajudar a Portuguesa", declarou o meio-campista, que chegou à Portuguesa em 2008 e é o recordista em número de jogos no atual elenco: são 115 partidas com a camisa do clube.

"O Héverton é um bom menino, mas foi mal orientado nos últimos dias. O que aconteceu ficou para trás e eu confio nele, que é um grande jogador", ponderou o vice-presidente de futebol Luís Iaúca, principal responsável pelo "perdão" concedido ao apoiador.

Sérgio Guedes ainda não confirmou se Héverton será titular da equipe, que só será revelada momentos antes do início do confronto. O maior problema encontrado pelo técnico são os desfalques: os contundidos Dodô, Marco Antonio, Glauber e Kempes estão fora, assim como o zagueiro Maurício, que está emprestado pelo Verdão e não pode jogar. Fabrício, que negocia sua saída da equipe, segue vetado.

O lateral esquerdo estava na mesma situação de Héverton e não ficará. A Lusa já acertou verbalmente a venda de 50% dos direitos do atleta a um grupo de empresários, dentre os quais está o jogador Athirson, ex-Portuguesa. A negociação deve ser concluída até segunda-feira e Fabrício deve ser repassado ao Santos, que tem interesse nele desde o fim de 2010.

Leia tudo sobre: HévertonPortuguesaCampeonato Paulista 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG