Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Meia diz que Sport não está convencendo no Pernambucano

"Pegamos times que estão treinando desde o ano passado e a parte física pesa demais", reclamou Fabrício

Gazeta |

A dramática vitória do Sport sobre o Vitória-PE, por 2 a 1, com gol do goleiro Saulo, aos 45 minutos do segundo tempo, não entusiasmou o meia Fabrício. Para ele, o time não jogou bem e, caso queira chegar longe na temporada, a equipe precisa começar a convencer.

"O Pernambucano começou antes de todos os outros campeonatos no Brasil, e o tempo de preparo foi muito curto. Isto está pesando, porque a condição está sendo ganha com os jogos, o que não é bom. Pegamos times que estão treinando desde o ano passado e a parte física pesa demais. Por esta razão, nosso time ainda está arrastado. A vitória foi boa, motiva, dá moral, mas preocupa por que não precisamos vencer sempre assim", afirmou Fabrício.

Ao fazer o gol da vitória, o goleiro Saulo pisou em um buraco durante a comemoração e teve que sair da partida. Por já terem sido feitas as três alterações permitidas, o Sport teve que colocar um jogador de linha no gol. O escolhido foi o atacante Carlinhos Bala, de 1,62m, o que surpreendeu Fabrício.

"Na hora não sabia como opinar ou ajudar. Estou aqui há pouco tempo. Os mais experientes no clube indicaram o Bala. Eu fiquei assustado, afinal ele é muito pequeno. Mas os companheiros disseram que podia ficar tranquilo, pois ele não iria passar vergonha. Valeu pelo esforço e pelo companheirismo", disse.

Leia tudo sobre: SportCampeonato Pernambucano 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG