Atacante será homenageado, mas ainda não sabe por quanto tempo ficará em campo com o time do técnico Arce

O atacante Cabañas jogará em amistoso em sua homenagem, nesta quarta, apenas por quantos minutos seus médicos autorizarem, informaram o América-MEX e a seleção do Paraguai.

O treinador do América, o chileno Carlos Reynoso, anunciou à imprensa mexicana que ainda não ficou decidido quanto tempo Cabañas ficará em campo durante a partida da equipe com o Paraguai, no Estádio Azteca, na Cidade do México.

Cabañas levou um tiro na cabeça em 25 de janeiro de 2010 e desde então está longe dos gramados, deixando sua equipe e sua seleção, que agora programaram esta homenagem. "É uma questão médica, que não depende de nós, pois dependerá do que indicarão os médicos que estão cuidando dele", declarou Reynoso, ao informar que o América jogará com seu time titular.

O técnico do Paraguai, Francisco Arce, que fará sua estreia no comando da 'albirroja', também disse que a participação da Cabañas está a cargo dos médicos. "Isso não é questão minha, é médica. Ele está muito bem, está feliz", disse Arce, para quem mais importante do que o tempo que participará da partida será como Cabañas se sentirá em campo.

O atacante acompanhou a seleção do Paraguai ao treino de reconhecimento no Azteca, mas não participou das atividades, embora tenha se mostrado feliz e entrosado com os outros jogadores. Na manhã desta terça-feira, Cabañas visitou as instalações do América, onde se encontrou com seus antigos companheiros.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.