Exame realizado nesta terça constatou que não há má formação no cérebro e aneurisma no treinador do Vasco

O técnico do Vasco , Ricardo Gomes , não precisará passar por uma nova cirurgia. O diagnóstico foi dado após o treinador ser submetido a uma angiotomografia computadorizada na manhã desta terça-feira. Foi mais um exame de rotina para avaliar as condições clínicas e neurológicas do treinador, que desde domingo encontra-se internado na UTI do Hospital Pasteur, no Méier, para drenagem de um coágulo no lado direito do cérebro . O quadro ainda é grave, ele corre risco de vida, mas suas funções vitais seguem estáveis. Mas a boa notícia deste primeiro boletim do dia é que foi descartada, de forma oficial, a possibilidade de uma nova intervenção cirúrgica.

Siga o iG Vasco no Twitter e receba notícias do time em tempo real

A junta médica que operou Ricardo Gomes concedeu entrevista coletiva no auditório do hospital e apresentou como novidade o que ela considera mais uma evolução no pós-operatório. A angiotomografia afastou a chance de má formação no cérebro e de um aneurisma.

"Com isso, está afastada a possibilidade de nova cirurgia. A gente costuma dar um prazo técnico de 72 horas após a operação e já passamos de mais da metade deste período. Como não houve piora, pois este período é o mais crítico, o quadro é satisfatório", explicou o médico Fábio Miranda Guimarães.

Ao seu lado na entrevista estavam o diretor-geral do hospital, Ricardo Periardm e José Antônio Guasti, neurocirurgião que atendeu o treinador no domingo. À tarde, Gomes passará por outra avaliação. Seu estado de saúde segue estável. O técnico do Vasco permanece em coma induzido. Os médicos não asseguram com precisão que os aparelhos serão desligados nesta quarta, assim como a retirada de medicamentos.

Entre para a Torcida Virtual do Vasco e convide seus amigos

“Estes três dias não são seguidos a risca. São, em média, a fase na qual o paciente tem recaídas. Pelo visto, ele não terá. Mas logo que paciente sair do coma induzido, vamos ver a reação clínicas e neurológica dele. E só depois desta fase pós-operatório é que vamos ver nível de sequela dele”, completou Fábio. “Não podemos precisar nada. Quanto tempo ele vai continuar no CTI, se vai voltar a trabalhar...Por enquanto, estamos tentando salvar a vida dele”, completou o médico.

Confira as fotos da mobilização do elenco do Vasco em torno do drama de Ricardo Gomes:

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.