Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Médico acha difícil volta de Abidal ao futebol após transplante

Rafael Matesanz afirmou que o esporte exige muito contato, e que o jogador teria de mudar drasticamente o modo de vida

Gazeta |

Getty Images
Abidal havia renovado recentemente o contrato com o Barcelona
O lateral esquerdo Eric Abidal mostrou um poder de recuperação notável no ano passado ao se recuperar de uma cirurgia para retirada de um tumor no fígado e voltar a jogar futebol em menos de dois meses. Agora, no entanto, o jogador terá que passar por um transplante do mesmo órgão nas próximas semanas, o que coloca em dúvida a sua possibilidade de retorno aos gramados.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Para o médico Rafael Matesanz, presidente do Comitê Nacional de Transplantes da Espanha e autor da diretiva europeia de transplantes, será muito difícil que o francês volte a jogar profissionalmente, mesmo com a chance de recuperação após a cirurgia sendo alta.

Leia também: Abidal será submetido a um transplante de fígado

"Acho muito complicado. Asseguro que tudo vai correr bem e que ele poderá fazer um esporte de alta exigência, mas o futebol é um jogo de contato, e uma das coisas que alguém deve evitar quando se realiza um transplante é que se produzam impactos traumáticos na área da cirurgia", declarou Matesanz em entrevista ao jornal Marca.

Relembre: Abidal volta após tratar câncer e é ovacionado por barcelonistas

O primeiro transplante de fígado da história foi realizado em 1963. Desde então, já houve cerca de 17 mil cirurgias do tipo na Espanha. Caso a intervenção em Abidal seja bem-sucedida, o francês terá que realizar uma série de mudanças em seu modo de vida.

Confira ainda: Abidal renova contrato com o Barcelona até junho de 2013

"Ele terá que tomar uma série de precauções, entre elas não receber pancadas na área da cirurgia. Ele deverá tomar alguns remédios por toda a vida e se submeter a controles médicos permanentes. Não há motivo para haver nenhum problema ou rejeição (ao transplante)", afirmou o médico.

Leia tudo sobre: futebol mundialespanhafrançabarcelonaeric abidal

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG