Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

"Me senti vivo novamente", comemora Deco após vitória do Flu

Meia disse que pensou em parar de jogar e que o triunfo sobre América foi um dos momentos mais felizes

Marcello Pires, iG Rio de Janeiro |

Photocamera
Deco, estreando na Libertadores, marcou o gol da virada no final da partida
Uma contusão grave na coxa esquerda e dois meses muito difíceis sem poder jogar. Foi com esta carga emocional que Deco, um dos jogadores mais caros e importantes do elenco do Fluminense, entrou em campo no início do segundo tempo para decidir a partida contra o América-MEX e recolocar o time na luta pela classificação.

Com um passe e um gol que garantiram a vitória de 3 a 2, o camisa 20 afirmou que reencontrou a alegria.  “Me senti vivo outra vez. Futebol é minha vida e voltei a fazer aquilo que mais gosto, isso retrata esse momento. Apesar de todas as minhas conquistas, esse foi um dos mais felizes da minha carreira”, afirmou o meia.

Muito questionado pela imprensa e pelos torcedores durante o período em que ficou fora da equipe, Deco admite que chegou na pensar em parar de jogar. “Tive uma lesão muito dura e cheguei até em pensar em parar. Foram dois meses parados, foi duro demais. Mas tive o apoio dos meus amigos, da minha família e do grupo, que sempre me ajudou. Talvez por esse grupo eu tenha continuado, pois é prazeroso ir treinar todos os dias”, disse Deco.

Mas a alegria pela volta de Deco e sua excelente atuação não ficou apenas por conta do herói da vitória tricolor. Um dos jogadores mais experientes e vitoriosos do grupo, Souza festejou o momento do companheiro. ““Por tudo que ele sofreu com as lesões e tudo que falaram dele foi importante essa atuação para mostrar a importância dele para nosso grupo. Ele merecia demais esse gol”, vibrou Souza.

Leia tudo sobre: FluminenseCopa Libertadores 2011Deco

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG