Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maus resultados derrubam técnico do Colônia

Ameaçado de morte por torcedores, Frank Schafer pediu demissão nesta quarta. Clube é 14º no Alemão e soma três derrotas seguidas

iG São Paulo |

Frank Schafer se demitiu nesta quarta-feira do Colônia, 14º colocado no Campeonato Alemão. O treinador já havia anunciado que deixaria o clube ao final da temporada, mas não resistiu à goleada por 4 a 1 sofrida no último domingo para o rival Wolfsburg, equipe que luta contra o rebaixamento.

Ao site oficial do Colônia, Schafer explicou os motivos de sua saída. “Tendo em vista os resultados recentes e, em particular, a forma como atuamos, tomei a decisão de que precisamos urgentemente de uma mudança e novo ímpeto para as próximas derrotas”, disse Schafer. “Me dei conta de que não posso mais ajudar a equipe da forma que considero necessária”.

O revés para o Wolfsburg foi o terceiro seguido do Colônia no Alemão. O time sofreu ainda 18 gols nos últimos cinco jogos. Após a derrota de domingo, Schafer chegou a ser ameaçado de morte pela torcida do clube. Na segunda-feira, uma faixa com os dizeres “se nós cairmos, te matamos” foi levada ao treino da equipe por um grupo de torcedores.

Presidente do Colônia, Wolfgang Overath revelou que tentou, sem sucesso, reverter a decisão do técnico.

Leia tudo sobre: alemanhafutebol mundialcolôniafrank schaferdemissão

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG