Técnico lamentou a expulsão do volante Leandro Ferreira, no momento em que o jogo estava empatado

Apesar da derrota, e da manutenção na parte de baixo da tabela do Campeonato Brasileiro, o técnico Mauro Fernandes elogiou a atuação do América-MG diante do Flamengo . Segundo ele, a equipe americana enfrentou um adversário qualificado, e acabou sendo prejudicado pela arbitragem.

"O América-MG fez uma das melhores partidas neste campeonato, porque jogou contra uma equipe muita qualificada como é o time do Flamengo. Jogamos de igual para igual. Começamos o jogo muito bem, e tomamos um gol de falta espírita, que só o árbitro viu. Tivemos um desequilíbrio momentâneo, mas logo em seguida a equipe se recompôs e fez o gol de empate, porque atuava melhor", declarou.

Analisando o segundo tempo da partida, o comandante do América disse que já esperava que o Fla voltasse com uma postura mais agressiva, já que foi para o intervalo com o resultado adverso. No entanto, Mauro Fernandes lamentou a expulsão do volante Leandro Ferreira, no momento em que o jogo estava empatado. 

"No segundo tempo sabíamos que a equipe do Flamengo tinha que partir para cima, porque estava perdendo. Quando o jogo ficou franco e aberto com qualquer uma das duas equipes podendo vencer, acabamos penalizados com a expulsão do Leandro, que houve dois pesos e duas medidas. Jogar com um jogador a menos é muito difícil, mas acho que a equipe do América-MG fez um bom jogo", analisou.

Questionado sobre a marcação de Ronaldinho Gaúcho - autor de dois gols na partida -, Mauro Fernandes afirmou que cabia ao volante Dudu a função. "Ele é um jogador talentoso e o Dudu tinha a missão de marcar o Ronaldinho, e em algum momento deixou ele sozinho, e quando deixa um jogador da qualidade dele sozinho é muito difícil".

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.