Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maurício Ramos planeja o "melhor ano da vida" no Palmeiras

Zagueiro comemora bom começo no Paulista: "Dá mais tranquilidade para se trabalhar, você treina mais sossegado"

Gazeta |

Duas vitórias seguidas no Campeonato Paulista diante de Ituano e Oeste mudaram o astral do Palmeiras no início da temporada 2011. Pressionado pelos erros do ano passado e a eliminação inexplicável na Copa Sul-americana diante do Goiás, o time espera mostrar que pode brigar pelos títulos do primeiro semestre - o Estadual e a Copa do Brasil.

"Estávamos sofrendo muito no ano passado, outros jogadores vinham pressionados desde 2009. Mas colocamos na cabeça que esse deve ser o melhor ano das nossas vidas", afirmou o zagueiro Maurício Ramos, ressaltando que o espírito do elenco está diferente.

Por conta da falta de títulos, a angústia virou a principal companheira dos jogadores do Palmeiras nos últimos anos. Só em 2010, além do tropeço na Copa Sul-americana, o Palmeiras não conseguiu alcançar uma boa sequência no Campeonato Paulista, na Copa do Brasil e no Brasileirão.

Até por isso, Maurício Ramos não esconde a satisfação com uma simples sequência de dois triunfos. "Dá mais tranquilidade para se trabalhar, você treina mais sossegado, não tem a pressão de ganhar de qualquer jeito. Agora, o importante é o grupo crescer", comentou o atleta, sem esconder o sorriso no rosto.

No início do Paulistão-2011, mesmo no esquema com três atacantes, os números mostram que a defesa palmeirense está compacta. Em três jogos, o goleiro Deola foi vencido apenas uma vez, na vitória fora de casa sobre o Ituano, em Piracicaba.

"Nós temos um entrosamento legal. Com a ajuda do Marcos Assunção lá atrás e até a cobrança do Kleber na frente, creio que estamos nos fortalecendo. Precisamos somente de uma sequência para crescer na competição", reiterou Maurício Ramos.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG