Zagueiro chegou a ser colocado à venda, mas permaneceu no elenco e volta a ser titular n Palmeiras

Depois de chegar a ser colocado como moeda de troca no Palmeiras , Maurício Ramos comemora sua volta por cima. O zagueiro não recebeu propostas interessantes e ficou, mesmo que afastado do restante do elenco, treinando em busca da redenção na Academia. Na última quinta-feira, o zagueiro marcou o gol que garantiu o empate por 1 a 1 com o América-MG .

"O gol significou muito para mim, pois passei por muita coisa. Fiquei esse tempo todo treinando, na minha, mas soube aproveitar a oportunidade. Na hora do gol nem pensei nada, só me joguei na bola e fiz o gol. Aí eles entraram no desespero, saiu lateral, volante, mas mesmo assim não conseguimos a vitória", disse o zagueiro.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

Apesar de toda a festa, Maurício Ramos já pediu atenção com o Santos. Mesmo sem precisar se preocupar em marcar Neymar, Ganso e Elano, o zagueiro afirmou que o time de Muricy Ramalho merece atenção seja lá o jogador que estiver em campo.

"Temos de respeitar quem está jogando lá, não importa se é Borges, Neymar, ou algum garoto. Será difícil do mesmo jeito. O Santos é qualificado com ou sem Neymar", explicou.

Coloque seu time em 1º no ranking da Torcida Virtual do iG Esporte

Maurício Ramos também terá outra dificuldade. Ele precisará se acostumar com outro companheiro de defesa, já que Thiago Heleno tomou o 3º cartão amarelo e está suspenso.

"Venho trabalhando para que tudo isso aconteça, tive a felicidade de fazer o gol e espero manter essa sequência. Se entrar o Leandro Amaro ou o Chico, vai ajudar de qualquer forma. Mas o Thiago faz falta, é lógico", finalizou.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.