Técnico interino não quer antecipar nada, mas cogitou que o retorno do meia pode acontecer no dia 12

Liberado para realizar treinos coletivos e preparar a sua volta aos gramados, após seis meses se recuperando de uma cirurgia no ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo, o meia Paulo Henrique Ganso pode voltar antes do tempo ao Santos .

Apesar da cautela dos médicos e de destacar que não pretende antecipar o retorno de Ganso, o técnico interino do Santos, Marcelo Martelotte, não negou a possibilidade de utilizar o jogador contra o Botafogo-SP, dia 12, na Vila Belmiro, pelo Campeonato Paulista.

A escalação de Paulo Henrique contra o Botinha seria uma maneira de testá-lo e habituá-lo ao ritmo de jogo, antes de sua participação no duelo com o Colo Colo (CHI), dia 16, em Santiago, que pode ser decisivo para a classificação santista à próxima fase da Copa Libertadores da América. Dia 16 de março é a data estipulada pelo departamento médico do clube para a sua volta.

"A participação do Ganso na partida do dia 12 (Botafogo-SP) vai depender muito do desenvolvimento dele. A partir desse momento, sabemos que ele estaria liberado para jogar, só que temos de ver também a evolução da sua parte física, quanto tempo ele suportaria ficar em campo. Vamos trabalhar para ver a melhor maneira de fazermos o retorno dele. Claro que seria importante ele atuar contra o Botafogo-SP, mas não vamos antecipar nada", disse Martelotte.

O treinador interino alvinegro sabe que é natural o camisa 10 sentir um pouco de receio em seus primeiros treinamentos. Para isso, a intenção é que as atividades sejam mais próximas do que são as partidas, com bastante contato físico, sem preservá-lo de eventuais divididas. Caso a resposta seja positiva nesses treinos, Paulo Henrique pode ter a volta antecipada.

"Vamos sentir a sua evolução e fazer alguns trabalhos para ele sentir essa confiança. Até porque, na hora do jogo vai haver contato, marcação forte, ninguém vai aliviar para ele. Por isso, estamos começando a preparar esse tipo de trabalho para que ele sinta como vai ser esse retorno na prática. É por essa razão e por esperar para ver como vai ser o seu desempenho que eu não o descarto contra o Botafogo-SP. Só que o mais provável é que o Ganso retorne diante do Colo Colo mesmo", concluiu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.