Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Martelotte elogia desempenho de reservas no empate com o Atlético-MG

Encaramos como uma decisão e jogamos bem, mesmo com vários problemas. Isto porque, os jogadores que entraram provaram a qualidade do nosso grupo, analisou

Gazeta Esportiva |


O Santos não pôde contar com sete jogadores, entre suspensos pelo terceiro cartão amarelo e lesionados, na partida contra o Atlético-MG, neste sábado, na Arena do Jacaré. Mas, apesar de todos esses problemas, os reservas do Peixe não decepcionaram e ajudaram a equipe a conquistar um empate em 2 a 2 com o time mineiro. Além disso, esses jogadores que entraram na equipe diante dos atleticanos receberam elogios do técnico interino, Marcelo Martelotte.

"Sabíamos que seria um jogo complicado por causa da situação do Atlético-MG (risco de rebaixamento). Encaramos como uma decisão e jogamos bem, mesmo com vários problemas. Isto porque, os jogadores que entraram provaram a qualidade do nosso grupo", analisou Martelotte.

O treinador santista também aproveitou para comentar que a sua opção por escalar uma equipe mais defensiva, com três volantes (Rodriguinho, Adriano e Rodrigo Possebon), se deu justamente em função dos vários desfalques que tinha para esse confronto.

"Essa maneira de jogar decorreu em virtude das ausências e dos problemas que tivemos para montar o time. Felizmente, tivemos jogadores que entraram e estrearam inclusive nesse jogo (caso do volante Possebon), que estão de parabéns, pois fizeram uma grande partida e honraram de uma maneira digna a camisa do Santos", comentou.

Indagado se o desempenho tão positivo de seus reservas poderia sugerir mudanças na equipe para o jogo contra o Grêmio, no próximo sábado, às 19h30 (horário de Brasília), na Vila Belmiro, já que o Santos tem chances cada vez mais reduzidas de chegar ao título brasileiro, Marcelo Martelotte disse que ainda é cedo para pensar em modificações para o duelo com o conjunto gaúcho.

"A gente não teve esse conceito de que os nossos desfalques não fizeram falta, muito pelo contrário. Só que devemos valorizar quem entrou, pois lutaram muito. Talvez, ofensivamente, não tenhamos tido o aproveitamento que desejávamos, em razão dos desfalques, mas soubemos nos defender. Enfim, agora vamos avaliar a situação dos jogadores que estão voltando e ver o que vamos fazer", destacou.

Vale lembrar que o zagueiro Edu Dracena, os laterais Danilo e Alex Sandro, além do volante Roberto Brum, desfalcaram o Santos por terem recebido o terceiro cartão amarelo. Já o lateral esquerdo Léo (edema no rosto e lesão de grau 1 na panturrilha esquerda), o volante Arouca (lesão muscular na região posterior da coxa esquerda) e o atacante Keirrison (incômodo muscular na coxa direita) foram vetados pelo departamento médico do clube. Porém, todos esses atletas devem estar em condições de jogo contra o Grêmio.

Leia tudo sobre: campeonato brasileirosantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG