Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Martelotte define time contra o Colo Colo e espera agradar Muricy

Time que joga nesta quarta-feira será o mesmo que iniciou o clássico contra o Palmeiras no último domingo

Samir Carvalho, iG Santos |

O técnico Marcelo Martelotte, que fará sua despedida como treinador do Santos, já definiu a equipe titular que enfrentará o Colo Colo nesta quarta-feira, às 21h50 (de Brasília), na Vila Belmiro, pela quarta rodada da Copa Libertadores da América. O time será o mesmo que iniciou o clássico contra o Palmeiras no último domingo. O treinador espera agradar o técnico Muricy Ramalho, que estará nos camarotes do estádio analisando a equipe.

“Ainda vou conversar com ele (Muricy) sobre o que ele, especificamente, espera do meu trabalho aqui. Volto a fazer o que fazia com o Dorival, Adilson, nas comissões técnicas anteriores. Nisso tenho bastante experiência e posso ajudar”, afirmou Martelotte, que confirmou os titulares para o jogo contra os chilenos.

“A equipe muda a partir de quinta-feira, com a chegada dele (Muricy). Com relação a amanhã (quarta-feira), nada. Nem o time contra o Colo Colo. É o mesmo que iniciou contra o Palmeiras. A gente acredita no trabalho da semana passada, quando tivemos tempo, entendendo e analisando mais friamente o jogo de domingo, tivemos uma boa ação”, disse.

Desta forma, o Santos enfrentará o Colo Colo com a seguinte formação: Rafael, Pará, Edu Dracena, Durval, Léo; Adriano, Danilo, Elano, Paulo Henrique Ganso; Neymar e Zé Eduardo.

Martelotte espera ser auxiliar de Muricy

Com a chegada de Muricy Ramalho, o interino Marcelo Martelotte deve voltar à condição de auxiliar. O treinador descartou trabalhar nas categorias de base do clube, e aguarda a chegada de Muricy para iniciar a função que fazia nas passagens de Dorival Júnior e Adilson Batista.

“Na base? não. Nunca trabalhei na base. Volto a fazer o que fazia, ajudando. Já frisei algumas vezes, esse trabalho varia de treinador pra treinador. A gente trabalha dentro das necessidades do treinador, vamos conversar ainda com ele a respeito do que especificamente ele espera do meu trabalho aqui. Mas volto a fazer o que fazia antes com o Dorival, Adilson, nas comissões técnicas anteriores”, concluiu.
 

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG