Meia não entende por que não pode atuar ao lado de Douglas no meio-campo do Grêmio

Marquinhos deseja ser titular do Grêmio
Lucas Uebel/Site oficial do Grêmio
Marquinhos deseja ser titular do Grêmio
Contratado em maio, o meia Marquinhos ainda não teve sequência como titular do Grêmio . Participou de quatro jogos, sendo titular contra Botafogo e Cruzeiro. Nesta quinta-feira, o jogador citou o exemplo do rival Internacional para reclamar da reserva de Douglas:

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Twitter iG Grêmio: Notícias e comentários em tempo real

“O arquirrival mostrou que se pode jogar com dois armadores (D’Alessandro e Oscar). Eles foram brigar lá na frente do Brasileirão. Não estou querendo ser titular na marra, mas é possível. Eu acho que para entrar um meia, não precisa tirar o outro. Em todo lugar se reclama que não tem camisa 10, aqui tem dois. Posso, sim, jogar ao lado de Douglas”.

Este, aliás, na opinião do atleta, foi o motivo da sua contratação ainda sob comando de Renato Gaúcho:

“Tenho é que auxiliar na armação. Mas pelo esquema de jogo, ainda não atuamos juntos desde o começo do jogo. Agora estou como uma das opções. Quero uma sequência, porque ainda não tive. Entro sempre poucos minutos e somente em algumas partidas”.

No esquema 4-5-1 de Julinho Camargo, com meias lateralizados, Leandro e Escudero auxiliam Douglas na armação. Marquinhos entende que pode fazer esta função:

“Em qualquer sistema eu me adapto. Joguei em losango no ano passado, ou ainda com outro meia ao meu lado. É como eu falei: todos os times precisam é de treinamento”.

Contra o Figueirense, na quarta-feira, ainda sem horário definido, Marquinhos deve substituir o suspenso Douglas – isto se o Grêmio não conseguir o efeito suspensivo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.