Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marquinhos explica confusão e confessa que provocou Loco Abreu

Meia do Avaí alega que levou uma cotovelada e respondeu gritando 'chupa gringo' no final da partida

Gazeta |

AE
Jogo da Copa do Brasil terminou em pancadaria
Depois de ficar em silêncio durante a semana, o meia Marquinhos, do Avaí, falou sobre a confusão com o atacante Loco Abreu, do Botafogo, durante a partida de oitavas de final da Copa do Brasil, na quarta-feira. Após a vitória por 2 a 0 sobre o Figueirense, no domingo, pela semifinal do Campeonato Catarinense, ele admitiu que provocou o uruguaio.

Siga o iG Botafogo no Twitter e receba todas as informações do seu time em tempo real

A partida terminou 1 a 1 no estádio da Ressacada, dando a classificação à equipe catarinense. Após o jogo, começou uma briga generalizada e quatro jogadores foram expulsos: além de Loco Abreu e Marquinhos, o atacante Rafael Coelho, do Avaí, e Herrera, do Botafogo, levaram o cartão vermelho.

"O que aconteceu foi que no último lance ele me deu uma cotovelada. Eu só olhei para ele, cerrei os dois punhos e falei 'chupa gringo'. Daí ele correu atrás de mim. Eu já estava indo para o meu vestiário. Eu não dancei o creu, isso é mentira, sei que é proibido", garantiu.

Por outro lado, Marquinhos garante que nunca agrediu Loco Abreu. "Eu nenhum momento eu o agredi. Apenas me preveni para não ser agredido. Eu estava na próxima fase, ele desclassificado e nervoso. Quando eu faço, assumo. Nunca corri da responsabilidade", concluiu.

Leia tudo sobre: BotafogoAvaíCopa do Brasil 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG