Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marquinhos espera ser titular com a chegada de Adilson Batista

Meia santista acredita levar vantagem na concorrência pela posição, já que trabalhou com o treinador no Paraná Clube em 2003

Samir Carvalho, iG São Paulo |

O meia Marquinhos acredita que pode ser titular com a chegada do técnico Adilson Batista. Apesar do retorno de Paulo Henrique Ganso e a possível contratação de reforços, o meia está confiante na concorrência pela vaga, já que trabalhou com o treinador no Paraná Clube, em 2003.

Vou estar à disposição para servi-lo. Muitos falam que existem vários meias chegando, mas esses jogadores têm que mostrar o potencial. Levamos vantagem por estar aqui. Tudo é questão de tempo para trabalhar e render o que rendemos esse ano. Titular ou não é consequência, afirmou o meia Marquinhos, que deu algumas dicas sobre o estilo de trabalho de Adilson.

Ele não faz coletivo. Pelos menos não fazia. Não é uma coisa normal no futebol. Ele trabalha muito taticamente, em campo reduzido. Nós trabalhamos em 2003, não sei se continua assim, mas a curiosidade é que o coletivo ele não faz, disse o meia.

Marquinhos também destacou a experiência de Adilson Batista em Copa Libertadores da América. O novo comandante do Santos foi vice-campeão da competição sul-americana na temporada passada, dirigindo o Cruzeiro. Já como atleta, Adilson foi o zagueiro titular do Grêmio na conquista da competição sul-americana em 1995.

É um bom treinador, vem demonstrando em dez anos de carreira a sua qualidade. Ele tem experiência em Libertadores, tanto como jogador e treinador. O estilo do Santos é muito parecido com o estilo dele, concluiu.

 

 

 

 

Leia tudo sobre: campeonato brasileirofutebolsantos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG