Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marquinhos Cambalhota mostra confiança na chegada ao Atlético-MG

Aos 35 anos, atacante tem a primeira oportunidade de jogar em um grande clube brasilero e chega confiante

Victor Martins, iG Belo Horizonte* |

Gazeta Press
O atacante Marquinhos Cambalhota chega ao Atlético-MG após dez anos no Japão
O Atlético-MG apresentou nesta sexta-feira o atacante Marquinhos Cambalhota, de 35 anos, que assinou por dois anos. Recomendado por vários treinadores, o jogador espera brilhar com a camisa atleticana. Foram dez anos no futebol japonês, tempo em que se tornou o jogador brasileiro com mais gols na J-League. Antes da contratação, o técnico Dorival Júnior conversou com Adilson Batista, hoje treinador do Atlético-PR. Assim como fizeram Levir Culpi e Oswaldo Oliveira, o ex-comandante do Cruzeiro também avaliou a chegada do atacante.

Fora do Brasil desde 2001, Marquinhos Cambalhota não escondeu sua satisfação em retornar ao país e ter uma chance com um dos maiores clubes brasileiros. “Estou muito feliz de estar aqui, muito honrado de vestir a camisa do Atlético, uma felicidade enorme. Acredito que a idade, hoje em dia, não atrapalha em nada, o importante é o trabalho que o profissional faz. O futebol lá no Japão era muito difícil, corrido. Espero conseguir utilizar bem as minhas características, força e velocidade, para me sair bem aqui no Brasil”.

Marquinhos fez sucesso no Kashima Antlers, onde ganhou três vezes o campeonato nacional e ainda foi artilheiro da competição. No Vegalta Sendai desde janeiro, o jogador não esconde que o grande terremoto do mês passado foi a principal razão para o seu retorno.

“Foi um pouco difícil sair do Japão, mas eu fico muito feliz por ter acertado com o Atlético. Durante estes dez anos, o mercado que eu tive lá era muito grande, meu nome era muito grande, então, sair de uma hora para outra após um belo trabalho que eu fiz é muito difícil, mas devido aos tremores, terremotos, eu optei por voltar. A minha vinda ao Brasil já estava nos planos. Foi muito boa essa oportunidade que o Maluf me deu, fiquei muito contente de poder acertar e vir para o Atlético”.

O longo tempo fora do Brasil fez com que Marquinhos Cambalhota tivesse dificuldades para acompanhar o que rolava por aqui. Por isso o jogador foi sincero e revelou conhecer apenas Magno Alves, com quem jogou contra no futebol japonês.

“Sei que o Atlético tem jogadores com muito potencial e um nível muito grande. O único jogador que eu enfrentei no Japão foi o Magno Alves, então, o Atlético está sendo bem representado pelos jogadores que tem, o clube tem uma enorme estrutura, do mesmo nível de clubes do exterior. O clube nos dá condições e tenho certeza que o trabalho será muito bom”.

Como as inscrições para o Campeonato Mineiro já estão encerradas, Cambalhota só vai poder estrear pelo Atlético-MG no Campeonato Brasileiro, dia 21 de maio, contra o Atlético-PR. Até lá ele vai seguir treinando na Cidade do Galo.

Leia tudo sobre: Atlético-MGCampeonato Mineiro 2011

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG