Tamanho do texto

Meio-campista do São Paulo avaliou a contratação de Cícero e o possível acerto com Cañete

Marlos em ação no treino do São Paulo
Marlos
Marlos em ação no treino do São Paulo
Com as muitas ausências na equipe, seja por conta de lesões, suspensões e atletas nas seleções brasileiras principal e sub 20, o São Paulo se viu na necessidade de reforçar seu elenco. Além do meia Cícero, que foi anunciado no final de semana , a diretoria ainda viabiliza a chegada do argentino Cañete. Ambos atuam na posição de Marlos . O camisa 11, porém, não se sente ameaçado em perder vaga na equipe.

Siga o iG São Paulo no Twitter

"O Cícero ajuda bem na frente, vem para somar e tomara que ele esteja bem para ajudar o São Paulo", avaliou o jogador, que sabe dos problemas de desfalques que o time tem. "Nós temos um grupo bastante enxuto, mas se não tiver lesões, são jogadores que aguentam o ritmo", disse.

Entre para a Torcida Virtual do São Paulo e convide seus amigos

O meio-campista lembrou que alguns jogadores saíram da equipe em 2011 e admitiu a necessidade da chegada de novos nomes ao elenco. "Acho que no começo do ano a gente tinha um elenco bastante reforçado, e perdemos jogadores umportantes como Cleber Santana, Marcelinho Paraíba. É lógico que a gente precisa de contratações para reforçar o elenco", contou.

Marlos ainda elgiou Ronaldinho, rival de quarta-feira, mas disse que o São Paulo tem bons jogadores que podem anular o camisa 10 do Flamengo. "Ronaldinho é um cara que dispensa comentários, importantíssimo para o futebol brasileiro. Ao meu ver, na época do Barcelona, era o melhor jogador do planeta um dos melhores que vi jogar. É um cara que preocupa bastante, mas temos obns marcadores", comentou.

Tentando se recuperar das duas derrotas seguidas, diante de Corinthians e Botafogo, o São Paulo viaja até o Rio de Janeiro, onde enfrenta o Flamengo, no estádio do Engenhão. A partida está marcada para às 21h50 desta quarta-feira.