Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marítimo culpa Kalil por polêmica envolvendo o atacante Kléber

Clube português tem vínculo de empréstimo com jogador até 2012 e fez uma proposta oficial para adquirir seus direitos econômicos

Gazeta Esportiva |

O Marítimo, de Portugal, divulgou uma nota oficial em seu site sobre a polêmica que envolve o nome do atacante Kléber, que pertence ao Atlético-MG e está emprestado ao clube da Ilha da Madeira. Os dirigentes, que desejam exercer a opção de compra que consta no contrato, criticam o presidente do time mineiro, Alexandre Kalil, e ameaçam acionar a Fifa sobre o caso.

"O Marítimo já exerceu o direito de preferência que está no contrato, mas o presidente do Atlético não quer aceitar. Por isso, caberá à Fifa decidir esse conflito. O Marítimo não abdica de defender seus interesses", afirmou o presidente do clube Carlos Pereira.

O time português, que tem um vínculo de empréstimo com o jogador até 2012, fez uma proposta oficial para adquirir os direitos econômicos de Kléber, com um valor muito semelhante à proposta do Sporting, que também deseja contar com o atleta. Ambas foram negadas por Kalil, que considerou os valores muito baixos.

"Eles mandaram uma proposta ridícula e o Atlético está respondendo que não aceita. Não nos interessamos pelo valor, que é ridículo, e ainda dividido em quatro parcelas. Essa proposta é inferior a que o Porto nos havia oferecido pelo Kléber anteriormente", afirmou o presidente.

O Marítimo questiona, porém, que o valor oferecido é superior ao do Porto que fez uma proposta de 2,3 milhões de euros, em junho do ano passado, enquanto o Sporting propôs em janeiro o negócio por 2,5 milhões de euros. As duas ofertas seriam para a aquisição de 50% dos direitos econômicos do atacante.

Leia tudo sobre: atlético-mgkalilmarítimoportugalfutebol mundial

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG