Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos será homenageado na inauguração da Arena Palestra

Dentro ou fora de campo, goleiro do Palmeiras faz parte dos planos da WTorre para abertura da nova casa

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Fora ou dentro de campo, Marcos será homenageado na inauguração da Arena Palestra Itália. O iG apurou que o goleiro e eterno ídolo do Palmeiras faz parte dos planos da WTorre, empresa de engenharia responsável pelas obras do novo estádio do clube paulista.

Marcos planeja atuar até o fim deste ano e cogita estender a carreira caso o clube jogue a Libertadores do ano que vem. Ele já ouve pedidos de jogadores, técnicos e até dirigentes para que prolongue sua carreira . Dificilmente, no entanto, ele estará nos campos em março de 2013, previsão inicial para que o estádio fique pronto. Por isso, dirigentes da WTorre já o colocam um possível homenageado na festa de inauguração, assim como deve acontecer com outros ídolos.

Siga o Twitter do iG Palmeiras e receba as notícias do seu time em tempo real

null

Há, no entanto, um otimismo entre os dirigentes da construtora de que as obras fiquem prontas antes do previsto, o que daria a possibilidade do camisa 12 atuar em um jogo oficial. Essa possibilidade é tratada como segundo plano, pois depende de uma série de fatos que não dependem apenas da empresa, como a longevidade da carreira do goleiro, condições climáticas para que a obra siga em ritmo acelerado e eventuais transtornos que qualquer reforma pode apresentar.

Veja o especial sobre a carreira do goleiro que completou 38 anos

A WTorre também prevê a instalação de um museu que servirá para homenagear a história do clube. Além disso, esse espaço serviria como um dos pontos de visita para os torcedores que forem conhecer a Arena Palestra no tour que passará a funcionar a partir da inauguração da nova casa palmeirense.

O certo é que o cronograma está bem adiantado e mais de 120 estacas para a construção do estádio já foram fincadas até esta quinta-feira. Isso representa algo em torno de 20% mais rápido do que o previsto inicialmente. A obra custará pelo menos R$ 330 milhões e não terá incentivo público. A Arena, no entanto, está fora dos planos da Fifa para a Copa do Mundo e Copa das Confederações.


 

Leia tudo sobre: palmeirasarena palestramarcoswtorre

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG