Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos quer esquecer início de ano e visa jogos mais importantes

Goleiro diz que prefere fazer sacrifício na hora do mata-mata do Campeonato Paulista, por exemplo

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

A liderança do Palmeiras no Campeonato Paulista ainda não foi o suficiente para tornar o ano de 2011 bom para Marcos. A morte de sua sogra considerada uma mãe e as dores no corpo que insistem em o incomodar atrapalharam a rotina do goleiro.

Até por isso, ele espera que as lesões parem de acontecer e que ele consiga estar nos jogos mais importantes do time no ano.

“Depois da semana passada, do falecimento da minha sogra, esse ano não começou muito bem. Tanto nos problemas familiares, quanto nos físicos. Mas eu acredito que uma hora ou outra eu vou estar em condição de ajudar o Palmeiras. São algumas coisas que a gente precisa passar na carreira, na vida, para se acostumar com isso. Estou crente de que daqui a pouco vou melhorar, apesar do princípio ruim”, disse Marcos, que completou:

“Agora, não precisa fazer tanto sacrifício. O Campeonato Paulista ainda tem o mata-mata. E eu prefiro não jogar o clássico contra o São Paulo para depois estar 80%, 100% para poder jogar o mata-mata. Sempre que eu estiver em condições, eu vou querer jogar”, afirmou.

Atualmente, Marcos afirma que não sente tantos problemas no joelho, mas que a lesão que o atrapalha é causada justamente por causa do problema que o acompanha na carreira inteira.

“Eu não sinto tantas dores no joelho, mas por eu precisar poupar um pouco a perna esquerda, a direita fica com dores. A minha programação é de fortalecer a perna que está doendo muito para poder estar bem”, completou.

Leia tudo sobre: palmeirasmarcos

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG