Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos Assunção vibra com poder de decisão em jogo difícil

O volante foi autor de duas assistências na vitória de 3 a 1 do Palmeiras contra o Horizonte, pela segunda fase da Copa do Brasil

Gazeta |

O Palmeiras se esforça em 2012 para variar seus lances ofensivos e tentar não ser dependente das jogadas de Marcos Assunção, mas precisou recorrer ao volante para vencer o Horizonte, por 3 a 1, pela Copa do Brasil. Autor de duas assistências na partida desta quarta-feira, o capitão palmeirense comemorou a contribuição que deu ao time de Luiz Felipe Scolari.

“Vou fazer 36 anos e o que acontece é fruto do treinamento diário, com muita persistência. Eu trabalho bastante e, em jogo difícil como esse, tenho de colocar da melhor maneira na cabeça dos zagueiros, para que façam os gols”, afirmou.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O time cearense abriu o placar no confronto, com gol de Mateus. Mas Assunção ajudou o time do Palestra Itália na virada. Ainda no primeiro tempo, o volante cobrou escanteio para Leandro Amaro mandar de cabeça para as redes.

Já na etapa final, o camisa 20 bateu falta para a área e viu novamente Leandro Amaro desviar. A bola ainda bateu no meio do caminho e foi para as redes.

Leia o relato da vitória do Palmeiras contra o Horizonte

“É assim que tem de ser. A maioria dos times gostaria de ter um batedor de faltas que pega bem na bola. O Horizonte não é ruim, não tem bobo no futebol. Eu posso ajudar de alguma maneira em jogos assim”, acrescentou o atleta.

Com os números desta quarta-feira, Marcos Assunção chegou a dez assistências na temporada, além de ter marcado também seis gols.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras:

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG