Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos Assunção quer ver Palmeiras sufocando o Goiás

Volante avisa que o time não pode se acomodar com a vantagem de poder jogar pelo empate na semi da Sul-Americana

Agência Estado |

Como venceu o primeiro jogo do confronto por 1 a 0, o Palmeiras tem a vantagem do empate diante do Goiás, nesta quarta-feira, no Pacaembu, para ir à final da Copa Sul-Americana. Mas o volante Marcos Assunção, um dos líderes do elenco palmeirense, avisa que o time não pode se acomodar com essa situação. A ordem é sufocar o adversário para conseguir nova vitória.

"Temos a vantagem do empate e não podemos esperar o Goiás atacar. Quem tem de mandar é o Palmeiras. Estaremos em casa, com a nossa torcida, e não podemos bobear", avisou Marcos Assunção, lembrando que a torcida palmeirense já comprou todos os 37.700 ingressos disponíveis para o jogo desta quarta-feira e vai transformar o Pacaembu num verdadeiro caldeirão.

"A gente vê que a torcida está com o Palmeiras e acredita no nosso trabalho", afirmou Marcos Assunção, que, aos 34 anos, passa sua experiência aos companheiros de elenco. "Os torcedores fizeram o papel deles e compraram todos os ingressos para lotar o Pacaembu. Agora chegou o momento da gente fazer a nossa parte para garantir essa vaga na decisão."

Nesta terça-feira, o técnico Luiz Felipe Scolari realizou um treino fechado para a imprensa. Mas não há muito mistério no Palmeiras. O time para enfrentar o Goiás já está definido, com a seguinte formação: Deola; Marcio Araújo, Maurício Ramos, Danilo e Gabriel Silva; Edinho, Marcos Assunção, Tinga e Lincoln; Luan e Kléber.

Leia tudo sobre: copa sul-americanagoiáspalmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG