Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos Assunção destaca grupo vencedor após derrota em clássico

Volante diz que viu companheiros triste em reencontro na Academia e diz que time está melhorando

Danilo Lavieri, iG São Paulo |

Experiente e um dos jogadores líderes do Palmeiras, o volante Marcos Assunção lamenta a derrota para o Corinthians em quase todos os aspectos, mas também consegue destacar o lado bom do revés sofrido no clássico de domingo.

Segundo ele, foi possível ver um grupo começando a ser vencedor, diferente do que foi no fim da última temporada.

“Faz dois dias que acabou o jogo e está todo mundo triste. Você nota um grupo que quer vencer a partir desse momento. A derrota doeu, nós não gostamos de ter perdido, e isso é importante. Ruim seria se a gente chegasse para treinar e todo mundo estivesse fazendo brincadeira. Na derrota, você nunca pode estar feliz. Eu sempre fui assim na carreira e hoje o vestiário estava assim. É um grupo que começa a ser vencedor. Tivemos resultados positivos e nos acostumamos com isso. É bom para o grupo saber que ninguém ficou feliz com a derrota”, explicou o volante.

O jogador também faz questão de destacar que a equipe do Palestra Itália criou bastante na partida, mas que faltou aquele homem que empurrasse a bola para as redes. Ele afirma que esse é o futebol e sabe que não adianta nada tanta criação com pouca efetividade.

Até por isso, ele acredita que a vontade imposta no clássico pode servir de exemplo para o restante do Campeonato.

“Tem que entrar igual ao que jogamos contra o Corinthians. Isso é muito importante, é muito bom para o time, independente da bola não ter entrado. Não é sempre que você vai ver acontecer tanta coisa como foi no clássico, de criar tanto e não colocar a bola na rede”, concluiu.

O Palmeiras enfrenta o Americana neste sábado a partir das 19h30 no Pacaembu. Ainda com a liderança do Estadual, a equipe de Felipão joga sem contar com Pierre, se recuperando de lesão, Dinei, com fratura no quadril, e Gabriel Silva, que está na seleção brasileira sub-20. Marcos deve ser opção, assim como Valdivia e Lincoln, que já foram liberados pelo departamento médico.

Leia tudo sobre: palmeiras

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG