Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcos Assunção cobra personalidade dos jogadores do Palmeiras

Experiente jogador pede que todos os atletas da equipe assumam a sua parcela de culpa em campo

Gazeta |

Um dos jogadores mais experientes do Palmeiras, o volante Marcos Assunção acredita que a responsabilidade deve ser dividida por todos os jogadores do elenco e não cair apenas nas costas dos atletas mais consagrados. Aos 34 anos de idade, ele faz um alerta aos novatos do grupo: tem que ter personalidade para jogar no Palmeiras.

"Todo jogador tem sua parcela de responsabilidade. Não adianta querer passar só para os mais experientes. Todo jogador tem que ter sua parcelinha. A gente tem que saber que joga num clube grande", disse Assunção. "Quando jogar mal a torcida vai vaiar e nós temos que estar preparados para, quando as coisas ocorrerem mal, a gente manter a tranquilidade", complementou.

Segundo Marcos Assunção, a função dos jogadores mais experientes do clube, como ele e o goleiro Marcos, é deixar os jogadores mais jovens calmos mesmo em momentos de crise. Os novos atletas, no entanto, precisam demonstrar vontade de jogar e não se contentar em apenas fazer parte do grupo.

Entre os jogadores recém-chegados ao clube estão os atacantes Max Santos e Adriano e o volante João Vitor, que vieram contratados de equipes de menor expressão e ainda precisarão provar seu valor no Palmeiras.

"Eles se destacaram nas equipes anteriores e podem se destacar aqui no Palmeiras, basta que tenham personalidade", afirmou Assunção. "Quando você vem para um time grande, você não pode ficar feliz só por estar. Você tem que ficar feliz por estar jogando no time grande. O pensamento tem que ser esse", concluiu.

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG