Tamanho do texto

Carlos Eugênio Simon e Sálvio Spinola são outros brasileiros lembrados na lista da IFFHS, encabeçada pelo alemão Markus Merk

Márcio Rezende de Freitas  ouve reclamações dos jogadores do Inter no jogo contra o Corinthians que decidiu o título brasileiro de 2005
Gazeta Press
Márcio Rezende de Freitas ouve reclamações dos jogadores do Inter no jogo contra o Corinthians que decidiu o título brasileiro de 2005

A IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol) divulgou nesta quarta-feira a lista dos melhores árbitros do mundo do século 21. O brasileiro melhor colocado foi Márcio Rezende de Freitas, que conquistou 17 pontos e ficou no 34º lugar do ranking.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O ex-árbitro atuou entre os anos de 1989 e 2005 e foi o representante da arbitragem brasileira na Copa do Mundo de 1998, na França. Sua carreira ficou marcada por erros em jogos decisivos de dois Campeonatos Brasileiros. Em 1995, anulou o gol de Camanducaia que daria o título ao Santos contra o Botafogo . Dez anos mais tarde, deixou de dar um pênalti de Fábio Costa, então goleiro do Corinthians , sobre Tinga, do Internacional , e ainda expulsou o volante por simulação.

Leia também: À frente de Ceni e Marcos, Dida é eleito 6º melhor goleiro do século 21

Quem apareceu no topo da lista foi o alemão Markus Merk, com 135 pontos. Em seguida, ficaram dois sul-americanos: o uruguaio Jorge Larrionda (108) e o colombiano Óscar Julián Ruiz (104).

Veja ainda: Felipão é eleito o 8º melhor técnico do século 21. Ferguson lidera

Outros dois brasileiros aparecem na lista, que selecionou 71 árbitros. Carlos Eugênio Simon ficou em 39º com 14 pontos e Sálvio Spinola acabou na 44ª colocação com 11 pontos.

Veja a lista com os dez melhores colocados e os brasileiros:

Árbitro País Pontos
1º Markus Merk Alemanha 135
2º Jorge Luis Larrionda Uruguai 108
3º Óscar Julián Ruiz Colômbia 104
4º Frank De Bleeckere Bélgica 98
5º Massimo Busacca Suíça 96
5º Lubos Michel Eslováquia 96
7º Pierluigi Collina Itália 94
8º Roberto Rosetti Itália 91
9º Kim Milton Nielsen Dinamarca 84
10º Howard Webb Inglaterra 80
34º Márcio Rezende de Freitas Brasil 17
39º Carlos Eugênio Simon Brasil 14
44º Sálvio Spinola Fagundes Filho Brasil 11