Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Marcelo vê motivação nos jogadores que eram preteridos no Grêmio

Os meias Pessali e Mithyuê foram testados no time no primeiro treino sob o comando de Julinho Camargo

Gabriel Cardoso, iG Porto Alegre |

Renato Gaúcho era um treinador que tinha o grupo do Grêmio na mão. Alguns jogadores tentaram inclusive demovê-lo da opção de pedir demissão do clube. Passado o episódio da troca de comando, os jogadores acreditam que o clube agora passa por um novo processo. E o goleiro Marcelo vê uma motivação a mais em quem não vinha recebendo oportunidades no time.

“Claro que o Renato tinha as opções dele. Um novo treinador acaba abrindo esperanças pra todo mundo. Quem não vinha sendo aproveitado acaba vendo uma esperança e a motivação aumenta. Todo mundo vai procurar buscar o seu espaço”, disse o camisa um.

Entre para a Torcida Virtual do Grêmio e convide seus amigos

Saiba as últimas notícias do Grêmio pelo Twitter

Os jovens serão os principais beneficiados. Julinho Camargo já trabalhou com boa parte dos garotos do Grêmio, quando era técnico das categorias de base até o ano de 2009.

O meia-atacante Mithyuê era um dos homens de confiança de Julinho no time júnior. Pessalli, que também atua na mesma função, é outra promessa do estádio Olímpico. Ambos foram utilizados como coringas do treino em parte da atividade da manhã deste domingo. Na função, eles ajudavam na armação das jogadas tanto do time titular, como do time reserva, em um trabalho tático que foi comandado por Julinho.
 

Leia tudo sobre: GrêmioBrasileirão 2011PessaliMithyuê

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG