Volante estava lesionado e tenta recuperar lugar no time de Renato Gaúcho

Futura Press
Adilson treinou com bola nos últimos três dias
Depois de perder quatro jogos, tratando da lesão no tornozelo esquerdo, Adilson está recuperado para tentar reconquistar a titularidade no Grêmio – quinta-feira o rival é o Inter-SM pelo Gauchão. A concorrência não o permite sentir titular, porém, a marcação é uma virtude que vira trunfo na disputa com Fernando e Willian Magrão.

“Isso dá segurança ao time e o pessoal sente mais liberdade para sair”, definiu o volante.

Entende-se por pessoal, especialmente, o meia Douglas e os lateral Gabriel e Gilson. Lúcio, outro jogador do meio-campo, também sente-se beneficiado:

“Adilson impede que Fábio Rochemback seja o único volante. Ficamos mais fortes e eu também consigo ajudar o ataque”.

Durante a ausência de Adilson, Renato testou algumas alternativas. Improvisou Carlos Alberto sem sucesso, afinal, a equipe ficou vulnerável defensivamente. Fernando não foi bem na única oportunidade que teve. Willian Magrão saiu-se melhor. Adilson disse estar tranqüilo:

“O que me manteve titular, nos últimos dois anos, foi o fato de não pensar que eu sou titular”.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.