Ídolo argentino ironizou comparação de Pelé a Beethoven e voltou a afirmar que ele "tomou remédios errados"

A eterna disputa entre Maradona e Pelé ganhou um novo capítulo. Depois do brasileiro afirmar, em entrevista ao site da Fifa, que nasceu para jogar futebol "como Beethoven nasceu para tocar e Michelangelo para pintar", o ídolo argentino provocou o ex-santista em entrevista coletiva na última quarta-feira.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Se Pelé acha que ele é o Beethoven do futebol, então eu sou o Ronnie Wood, o Keith Richards [guitarristas dos Rolling Stones] e o Bono Vox [vocalista do U2] do futebol, porque eu tenho muito mais paixão", disse Maradona, atualmente dirigindo o Al Wasl, nos Emirados Árabes. Ele ainda completou a comparação afirmando que "ninguém ouve músicas do Beethoven nos estádios".

Leia também: Pelé associa Barça a Santos dos anos 60 e se compara a Beethoven

O ex-camisa 10 também criticou Pelé e tornou a insinuar que ele tem problemas psiquiátricos. " Todas as vezes que ele toma o remédio errado ele aparece com uma declaração maluca dessas. Ele deve ter tomado as pílulas da manhã no horário da noite. Ele precisa checar se está tomando os remédios certos. Na verdade, seria melhor se ele trocasse de médico", disse o ex-jogador.

Confira ainda: Maradona diz que Pelé 'tomou remédio errado' ao comparar Neymar a Messi

Maradona disse que Pelé precisa dos remédios para não dar 'declarações malucas'
Getty Images
Maradona disse que Pelé precisa dos remédios para não dar 'declarações malucas'

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.