Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maradona pode aceitar proposta para treinar o San Lorenzo, diz Mancuso

11º no Argentino, clube demitiu Ramón Díaz no domingo. Presidente confirma contato indireto com Diego

iG São Paulo |

Getty Images
Maradona não trabalha como técnico desde que comandou seleção argentina na Copa-2010
Um dos mais próximos colaboradores de Diego Armando Maradona, o também ex-jogador Alejandro Mancuso, assegurou nesta terça-feira que o astro demonstrou interesse na proposta apresentada pelo San Lorenzo para assumir a equipe argentina, após a demissão de Ramón Díaz no último domingo.

"Maradona é um dos candidatos a substituir Ramón Díaz. Houve um contato com pessoas vinculadas a ele e provavelmente teremos uma conversa nos próximos dias", afirmou nesta terça-feira o presidente do clube, Carlos Abdo. Mancuso confirmou horas depois uma reunião com diretores do San Lorenzo, e assegurou que Maradona estaria interessado na oferta.

"Estamos estudando o projeto. Na parte futebolística, estamos de acordo, e Maradona está interessado", afirmou ao portal esportivo "Playfutbol". Em outras declarações divulgadas na segunda-feira, Abdo indicou que Marcelo Bielsa e Alejandro Sabella eram outros nomes que interessavam ao clube.

Entre os nomes ventilados há ainda o do brasileiro Silas, atualmente à frente do Avaí. Por ora, a equipe,  11ª colocada no Torneio Clausura do Campeonato Argentino, será dirigida interinamente por Miguel Ángel Tojo e Carlos Veglio.

O ídolo dos hermanos está sem trabalhar como treinador desde a Copa do Mundo de 2010, quando dirigiu a seleção argentina que acabou eliminada pela Alemanha nas quartas de final. De lá para cá, ele foi especulado por alguns clubes, mas não chegou a haver avanço nas negociações.

*com agências

Leia tudo sobre: FUTEBOL mundialARGENTINAmaradonasan lorenzotécnico

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG