Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google
 

Maradona jogará partida de despedida de Martín Palermo

Maior artilheiro da história do Boca Juniors diz ter ficado surpreso com a confirmação da presença do "El Pibe" no evento

EFE |

Getty Images
Maradona abraça Palermo após gol marcado na Copa da África do Sul
O ex-jogador argentino Martín Palermo anunciou nesta segunda-feira a presença de Diego Maradona em sua partida de despedida do futebol, que será disputada no dia 4 de fevereiro no estádio do Boca Juniors, equipe em que jogava quando pendurou as chuteiras em junho do ano passado.

Jogador brasileiro do Rayo Vallecano é preso por dirigir embriagado em Madri

"Foi uma confirmação surpreendente. A verdade é que é uma honra que Diego possa vir", declarou Palermo ao anunciar a partida, em entrevista coletiva num hotel de Buenos Aires. O ex-goleador ainda que Carlos Bianchi e Alfio Basile serão os técnicos das equipes que se enfrentarão no La Bombonera e, por isso, imagina "Maradona como jogador" nessa partida.

Leia mais sobre futebol argentino no blog Toco y Me Voy

"Vi jogadores muito importantes se aposentarem no Boca sem uma despedida. Não quero passar pela mesma situação", destacou Palermo, que lamentou a ausência de jogadores como Lionel Messi, Sergio Agüero, Daniel Díaz, Fernando Gago e Rodrigo Palacio, que terão compromissos no futebol europeu.

Zagueiro Breno mostra irritação com o Bayern pelo Twitter

O jogador confirmou que a maior parte do atual elenco do Boca Juniors jogará em sua despedida. Além disso, ele também ressaltou a participação de Juan Sebastián Verón e Ariel Ortega.

Palermo, de 38 anos, é o maior artilheiro da história do Boca, com 235 gols marcados em 403 partidas oficiais locais e internacionais.

Leia tudo sobre: fuetbol mundialargentinapalermo

Notícias Relacionadas


Mais destaques

Destaques da home iG